Rápido & Rasteiro: Antes tarde do que nunca


DEMOROU…!!! SIM, DEMOROU, E NÃO “DEMORÔ”, conforme novo significado da gíria que vem circulando por aí, mas com sentido notadamente diverso do original. Pois é, demorou demais a reação do presidente José de  Oliveira Costa diante dos boatos plantados na imprensa nacional sobre a situação financeira do Esquadrão Azul-Estrelado.

Rápido & Rasteiro: Antes tarde do que nuncaA CULPA, COMO NÃO PODERIA DEIXAR DE SER, além dos mal-intencionados boateiros de plantão, é da própria direção do Cruzeiro, que se calou e permitiu que a boataria ganhasse cores de verdade, já que a própria atitude do clube, ante à necessidade de reforçar a atual equipe vice-campeã brasileira, era de preguiçosa parcimônia, de demasiado estudo, negociações demoradíssimas…!!!

A INSISTÊNCIA COM QUE SE APREGOAVAM AOS QUATRO cantos a suposta quebradeira do Cruzeiro, sabidamente, dos clubes brasileiros, um dos que cumpre seus compromissos, de que natureza for e, principalmente, os financeiros, acabaram tirando o presidente de seu mutismo para, ao mesmo tempo que anunciava os “exigidos” reforços, dava de quebra uma vassourada nos boateiros de plantão.

MAS, DIRETORIA AZUL-ESTRELADA, demorou demais a reação. Será que, com tantos assessores e diretores auxiliares, precisava de o presidente se manifestar em defesa da honra azul-estrelada. Então, para que tantos assessores…???!!! Uma situação dessas não se pode repetir. Os boateiros existem justamente para tentar desmerecer aqueles que, por razões óbvias e sabidas, estão em destaque, enquanto cabe aos que zelam pelos interesses atingidos evitar que a boataria ganhe ares de verdade.

O SILÊNCIO OU DEFESA TÍMIDA PERMITIRAM QUE A IMAGEM do Cruzeiro que, como diz o Hino Nacional, naturalmente resplandece, ficasse manchada pelos boateiros de plantão. Como diz aquela máxima dos tempos da Segunda Grande Guerra Mundial, que por sinal deu ensejo ao surgimento do maior e mais verdadeiramente glorioso clube mineiro, uma mentira repetida com insistente persistência acabam se tornando “verdade”.

ASSIM, PELO MENOS PARA DETERMINADA TORCIDA, certos títulos, urdidos por mentes prodigiosas a partir de meros amistosos caça-níqueis, ou torneios promovidos por entidades dissidentes em momentos de anarquia futebolística nacional, que por sinal acabaram não vingando, tanto umas quanto outros, acabam figurando em peças representativas da história desses clubes, como se verdade fossem.

AINDA BEM QUE HÁ PESSOAS QUE, COMO EU, têm conhecimento de causa e denunciam a fragilidade de tais “conquistas” que, em determinados casos nem chegaram a se configurar caça-niqueis, uma vez que os organizadores de tais amistosos fugiram com o dinheiro arrecadado, deixando todos ao resgate do governador da época, usando dinheiro público para tal fim. Basta consultar os alfarrábios da época para constatar a verdade dos fatos. De Todos eles.

POIS É, DIRETORIA AZUL-ESTRELADA, DIANTE da primeira faísca é necessária a pronta intervenção da brigada de incêndio, para não permiti-la atingir proporções incontroláveis. A situação começava a tomar esse vulto, até que o presidente, munido do devido extintor, tomou as primeiras providências para debelar as chamas. Antes tarde do que muito mais tarde.

SOBRE AS ANUNCIADAS CONTRATAÇÕES o mínimo que espero, assim como a fanática, mas inteligente, Falange Azul-Estrelada, que não se deixa levar por contratações medianas, é que elas sejam abençoadas, como dezenas de outras contestadas em seu início mas que acabaram dando o resultado desejado. Resguardo-me o direito de aguardar para fazer juízo com maior conhecimento.

O CRUZEIRO ESTÁ MAIS DO QUE CERTO em apostar nos garotos que conquistaram o bicampeonato brasileiro Sub-20, mas não pode deixar-lhes a incumbência de carregar o time nas costas. Eles, em princípio, entram como coadjuvantes e só o tempo e a experiência vão permitir-lhes galgar os degraus da fama.

COM POUCAS ALTERAÇÕES, ESSE MESMO TIME vai muito bem, obrigado, na Copa São Paulo. Classificou-se em primeiro lugar em seu grupo, com três vitórias nos três jogos disputados e, agora, enfrenta logo mais, em regime de mata-mata, o agora time de Ronaldinho Gaúcho. É partir pra cima, sem qualquer medo de ser feliz…!!! Dá-lhe, Zeiro….!!!

PS: há anos assino a Coluna Rápido & Rasteiro, desde os tempos do extinto Diário da Tarde e, agora, deparo-me com o simulacro “Rápidas e Rasteiras”… Se isso não é falta de criatividade, então não sei mais o que é…!!! Paciência…!!!