Aprimorando o ataque celeste


Na busca por manter o desempenho de melhor ataque do Campeonato Mineiro, o técnico Adilson Batista se debruçou sobre a movimentação ofensiva do Cruzeiro no treino da tarde da última quinta-feira. Em ritmo de preparação para o clássico de domingo contra o América-MG, os jogadores celestes trabalharam exaustivamente as conclusões ao gol.

No início da atividade, o treinador acertou o posicionamento da equipe em metade do campo, com um trabalho de ataque contra defesa, em cima das características previamente observadas do América-MG.

Posteriormente, os zagueiros e volantes trabalharam em separado com o auxiliar técnico Ivair Júnior e os demais treinaram sob o comando de Adilson Batista. A movimentação dos homens de frente, o avanço dos meias e os cruzamentos foram os pontos trabalhados, aliados à finalização.

“A gente tem que continuar trabalhando forte para que entremos nos jogos com a lembrança dos treinamentos e aproveitar as oportunidades. A gente precisa estar sempre visualizando o gol nos treinamentos da semana para na hora do jogo a gente conseguir ajudar o time a sair com a vitória”, explicou o avante Wellington Paulista.

O camisa 9 celeste é um dos vice-artilheiros da equipe em 2009, com cinco gols anotados, juntamente com Soares e Kleber. Ramires é o líder, com sete gols.

Para Wellington, o rodízio de atacantes que tem sido feito pelo comandante celeste tem sido positivo até o momento, já que todos têm contribuído com o time. O único que ainda não marcou é Wanderley, que deu a assistência para um dos gols de Soares na vitória por 3 x 2 sobre o Villa Nova.

“O Adilson está experimentando todo mundo e todos entram estão ajudando, fazendo gols, correspondendo à altura. Era tudo que ele queria. Fica uma dor de cabeça a mais para ele, mas todo mundo está muito bem, entrando e jogando bem”, observou.

Fonte: Site oficial do Cruzeiro