Se for por falta de adeus, Tchau e Bença!

Salve Nação!

Os dispensados começaram a receber suas passagens de partida na Toca da Raposa. Tchau e Bença! Ceará, Leandro Damião, Charles e Júlio Baptista, a partir de hoje, não fazem mais parte do elenco celeste e estão livres para negociar com outros clubes. A decisão, anunciada nesta tarde pela diretoria celeste, prevê uma redução de gastos no departamento de futebol, já que o clube aderiu ao Profut, e busca também reduzir o número de jogadores no elenco.

Leandro Damião, Charles e Júlio Baptista já tinham saída esperada por parte da torcida e imprensa. Leandro Damião mesmo com 18 gols na temporada, não convenceu. Quando entrou em campo foi pouco produtivo. Charles estava “aposentado” quando foi realocado para o elenco e mesmo com algumas boas atuações, não é jogador para o Cruzeiro.

Júlio Baptista sem sombra de dúvidas era o mais contestado. Teve algumas boas atuações em 2013, e outras raríssimas boas atuações em 2014. Sua saída é altamente positiva para ambos os lados. Por outro lado, a saída de Ceará é a única a ser lamentada. Sempre um guerreiro em campo, Ceará vivia no final desta temporada sua melhor fase com a camisa do Cruzeiro. A saída pode ser justificada por alguns fatores, como a reincidência de lesões, idade avançada, temporada cheia, rejuvenescimento do elenco… Entendo que futebol é algo cíclico em todas suas vertentes e chorar a saída do lateral é desnecessário.

No geral avalio todas as saídas como certas. Vicintim me pareceu seguro e consciente em seus argumentos. O próximo a dar tchau deve ser Mano Menezes que dá sinais claros de que irá abandonar o barco à deriva. Esperamos, no entanto, que o trabalho de reposição e ajuste do elenco para 2016 sejam bem feitos. A base da equipe já está montada e não há razões para desespero: o time tem qualidades e o Cruzeiro seguirá gigante.

Por: Simon Nascimento

 Sugestão: Conheça o site MineCraft.br.com – Minecraft é um jogo para construir qualquer coisa que você possa imaginar.