Uma batalha de cada vez

Salve, salve Guerreiros, chegou mais um momento decisivo do Campeonato Brasileiro, e não iremos enfrentar um dos grandes do futebol brasileiro, a partida de hoje é contra o Joinville Esporte Clube, mais um emergente nacional. Mas o detalhe para o Cruzeiro é que concretizada a vitoria estaremos mais longe da zona do desconforto e mais

Continue Reading →

Fora das quatro linhas: uma reflexão sobre o atual modelo de Sócio do Futebol cruzeirense e pretensão de democratizá-lo

Fora das quatro linhas: uma reflexão sobre o atual modelo de Sócio do Futebol cruzeirense e pretensão de democratizá-lo - Cruzeiro Esporte Clube

Em excelente entrevista dada pelo diretor de futebol cruzeirense Alexandre Matos ao Guerreiro dos Gramados na última segunda-feira, ele foi enfático: o sucesso do time desse ano só floresceu graças ao investimento e trabalho ambicioso do programa Sócio Torcedor Celeste. Através dele, o Cruzeiro conseguiu potencializar seus rendimentos, uma vez que o Mineirão também voltou a ser nossa casa. Números de hoje atestam que já contamos com mais de 43 mil associados, um crescimento de 370% em 2013, que começou com 7 mil. Inicialmente, a meta para toda a temporada era de 30 mil. Tal balanço positivo deixa lições importantíssimas a serem copiadas para os próximos anos, assim como margem para evolução. Mas onde evoluir?

Mil e uma formas de torcer pelo Cruzeiro | Cruzeiro Esporte Clube - Foto: VipComm

Mil e uma formas de torcer pelo Cruzeiro

Muito se tem comentado sobre processos de higienização e elitização das torcidas brasileiras. Movimento que se segue após a reforma e os elevados custos que foram para reformar ou construir os estádios para a Copa no Brasil. Há verdade em tudo isso, mas, com certeza, esse não é objetivo de nenhum clube brasileiro, acredito. Ficou

Continue Reading →

Mil e uma formas de torcer pelo Cruzeiro | Cruzeiro Esporte Clube - Foto: VipComm

Mil e uma formas de torcer pelo Cruzeiro

Muito se tem comentado sobre processos de higienização e elitização das torcidas brasileiras. Movimento que se segue após a reforma e os elevados custos que foram para reformar ou construir os estádios para a Copa no Brasil. Há verdade em tudo isso, mas, com certeza, esse não é objetivo de nenhum clube brasileiro, acredito. Ficou

Continue Reading →