Tempos de crise

O Cruzeiro entrou em uma grave crise financeira que começou em 1946 e só foi terminar 12 anos depois. Os motivos da desvalorização foram vários, desde a constante premiação de atletas até a reforma do estádio, na qual os recursos do clube não foram levados em conta.