Quartas-de-final do Mineiro: Jogo a Jogo

Salve nação celeste invicta em 2009! Após a rodada de ontem, as equipes do Módulo I do Campeonato Mineiro conheceram seus destinos no campeonato: Atlético-MG, Cruzeiro, Ituiutaba, Rio Branco, América, Democrata, Tupi e Uberaba garantiram suas vagas para a segunda fase ; Uberlândia e Villa Nova ficaram pelo caminho e Social e Guarani foram rebaixados.

 Ao término da rodada foram definidos também os confrontos das quartas-de-final. Este artigo fará uma análise de cada uma das partidas, dando o seu palpite sobre cada um dos confrontos. Os times que se classificaram entre os quatro primeiros têm a vantagem de poder empatar os dois jogos ou ganhar um e perder o outro pela mesma diferença de gols.

Jogo 1: Uberaba (8º) X Atlético (1º)

Uberaba: Campanha: 14 pontos. 4 V, 2 E, 5 D. 11 gols marcados e 17 gols sofridos. Saldo de -6.
     Destaque: Laílson (ex-goleiro de Atlético e América).
     Artilheiro: Danilo com 3 gols.

Atlético: Campanha: 26 pontos. 8 V, 2 E, 1 D. 24 gols marcados e 8 gols sofridos. Saldo de 16.
     Destaque: Diego Tardelli.
     Artilheiro: Diego Tardelli com 11 gols.

Confronto na primeira fase: Atlético 4 X 1 Uberaba (4ª rodada)

Confronto: Com a vitória no apagar das luzes contra o Ituiutaba, o Atlético garantiu a liderança e o direito de enfrentar o adversário com pior saldo de gols e mais derrotas (ao lado do Democrata) entre os que passaram para o mata-mata. O maior problema do Uberaba é a falta de gols. Foram apenas 11 até aqui. A defesa não é das piores, mas para avançar para a semi-final a equipe Zebu terá que fazer mais do que se defender. No confronto na primeira fase o Atlético liquidou a partida em 10 minutos, quando abriu 3 a 0 no placar, embora o Uberaba tenha colocado algumas bolas na trave. O palpite é de que o Atlético passa.

Jogo 2: Cruzeiro (2º) X Tupi (7º)

Cruzeiro: Campanha: 25 pontos. 7 V, 4 E, 0 D. 31 gols marcados e 8 gols sofridos. Saldo de 23.
     Destaque: Kléber
     Artilheiro: Kléber com 6 gols

Tupi:       Campanha: 15 pontos. 3 V, 6 E, 2 D. 9 gols marcados e 10 gols sofridos. Saldo de -1.
     Destaque: Ademílson
     Artilheiro: Ademílson com 3 gols.

Confronto na primeira fase: Cruzeiro 0 X 0 Tupi (8ª rodada)

Confronto: Uma bela defesa, mas um ataque não funciona. Nada define o Tupi melhor do que esta frase. A equipe de Juiz de Fora marcou apenas 9 gols no campeonato e tem o pior ataque entre os oito classificados. No entanto, sua defesa sofreu apenas 10 gols e foi a primeira a parar o ataque do Cruzeiro neste ano, em pleno Mineirão. A esperança do Tupi para o confronto é de que a defesa siga bem e segure as pontas e de que o ataque consiga achar um gol para reverter a vantagem do Cruzeiro. Todavia, por estar em desvantagem, a equipe do Tupi terá que jogar mais aberta do que na primeira fase, embora imagine que o objetivo seja empatar o primeiro jogo no Mineirão. Se der espaços, o Tupi terá sérias dificuldades de conter as investidas da equipe celeste contra sua defesa, em especial de Ramires e Kléber. O Cruzeiro, que usou time misto na maioria dos jogos da competição, incluindo o confronto contra o Tupi, deve acabar com o rodízio e lançar os titulares no confronto. Aí a tarefa do Tupi de parar o melhor ataque da competição e derrubar o único invicto do campeonato ficará ainda mais difícil. Por essas e outras que meu palpite é que dá Cruzeiro.

Jogo 3: Democrata (6º) X Ituiutaba (3º)

Democrata: Campanha: 16 pontos. 5 V, 1 E, 5 D. 17 gols marcados e 20 gols sofridos. Saldo de -3.
         Destaque: Alan
         Artilheiros: Alan e Thiago com 4 gols cada.

Ituiutaba:     Campanha: 20 pontos. 6 V, 2 E, 3 D. 20 gols marcados e 16 gols sofridos. Saldo de 4.
         Destaque: Paulinho Pedalada
         Artilheiro: Paulinho Pedala com 5 gols.

Confronto na primeira fase: Democrata 4 X 1 Ituiutaba (3ª rodada)

Confronto: O único confronto que reúne duas equipes do interior promete ser disputado, embora o Ituiutaba tenha a vantagem. A equipe do Pontal do Triângulo só foi derrotada 3 vezes no campeonato, duas delas foram para Cruzeiro e Atlético, mas a única equipe do interior que venceu o Ituiutaba foi justamente o Democrata, ainda no início do campeonato. A equipe de Governador Valadares brigou pelas primeiras posições durante toda a 1ª fase, mas após a derrota por 7 a 0 para o Cruzeiro, a equipe valadarense caiu para a 6ª posição e ficou com a pior defesa entre os 8 classificados. Já o Ituiutaba tem o melhor ataque entre as equipes do interior e manteve-se com chances de ser líder da primeira fase até a última rodada. Neste cenário, o favoritismo, e o meu palpite, é de que dá Ituiutaba, a não ser que a Pantera apronte em Valadares como fez no início da competição.


Jogo 4: América (5º) X Rio Branco (4º)

América:    Campanha: 17 pontos. 4 V, 5 E, 2 D. 10 gols marcados e 7 gols sofridos. Saldo de 3.
         Destaque: Luciano
         Artilheiros: Bruno, Chico Marcelo, Leandro e Luciano com 2 gols cada.
Rio Branco: Campanha: 17 pontos. 5 V, 2 E, 4 D. 14 gols marcados e 12 gols sofridos. Saldo de 2.
         Destaque: Márcio Guerreiro
         Artilheiro: Márcio Guerreiro com 4 gols

Confronto na primeira fase: América 1 X 0 Rio Branco (3ª rodada)

Confronto: Na teoria é o confronto mais equilibrado da fase. A vantagem do Rio Branco sobre o América é apenas o maior número de vitórias, já que os times terminam a primeira fase com o mesmo tanto de pontos. O grande trunfo do América para a partida é a sua defesa, a melhor da primeira fase. No entanto, se defender não bastará para o Coelho, já que a vantagem é da equipe de Andradas. O América deverá tentar repetir a vitória da primeira fase no primeiro confronto no Independência, pois virar o confronto em Andradas será difícil, já que o Rio Branco é a equipe com a melhor campanha em casa (4 vitórias e 1 empate, contra o Cruzeiro). Segurando o América no Independência, a tendência é de que o Rio Branco, e esse é o meu palpite, confirme a melhor campanha e avance para a próxima fase.