Pré-jogo: Vitória x Cruzeiro (De olho no Peixe)

O Cruzeiro: divide a liderança do returno com o Palmeiras, mas a meta mais objetiva da equipe é subir na classificação para alcançar a melhor premiação possível ao fim do campeonato.

De olho no confronto direto entre Grêmio e Santos nesta rodada, a Raposa sabe que ganhará terreno na disputa pelos primeiros lugares caso vença o Vitória no Barradão. E esta meta é a que mobiliza a equipe cinco estrelas para o confronto.

A principal novidade no time titular será a presença de Bryan que terá uma sequência de oportunidades após a negociação de Diogo Barbosa com o Palmeiras. Sem os suspensos Robinho e Thiago Neves, Alisson e De Arrascaeta voltam ao time titular, assim como Murilo, de volta após suspensão.

O Vitória: busca permanecer fora da zona de rebaixamento e sabe que para isto nesta rodada terá que obter ao menos o mesmo resultado que a Ponte Preta. Todavia, em caso de tropeço pode acabar permitindo a aproximação de outras equipes da zona de rebaixamento.

Com uma série recente de apenas uma vitória em nove jogos, o rubro-negro baiano está pressionado para melhorar o retrospecto e evitar sustos nas rodadas finais. Além disso, o baixo aproveitamento como mandante também incomoda e precisa ser revertido.

Sob o comando de Vágner Mancini, o Leão tem no centroavante Tréllez a arma principal do ataque rubro-negro.

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Geferson; Uillian Correia, Fillipe Souto, José Welison, Yago e David; Tréllez. Téc: Vágner Mancini.

Cruzeiro:  Fábio; Rafael Galhardo, Leo, Murilo e Bryan; Henrique, Lucas Romero, Rafinha, De Arrascaeta e Alisson; Jonata. Téc: Mano Menezes.

Horário e Local: Barradão, Salvador (BA). Domingo, 19 de Novembro de 2017 às 17:00.

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP).

Transmissão: Globo MG e PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e, principalmente, no twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Vitória se enfrentaram 16 vezes com mando de campo baiano pelo Campeonato Brasileiro. E mesmo levando em conta só os jogos fora de casa, a vantagem é azul.

Foram 7 vitórias do Cruzeiro, 4 empates e 5 vitórias dos baianos. A Raposa marcado 25 gols e sofreu 24.