14 nov Pré-jogo: Vitória x Cruzeiro (Eliminar qualquer ameaça)


O Cruzeiro: já pensa em 2022, mas 2021 ainda pode pregar uma pequena peça na torcida celeste caso a Raposa não vença nas rodadas finais.

Com oito pontos acima da zona de rebaixamento e nove em disputa, o time celeste tem, segundo o site chance de gol, apenas 0,02% de chance de queda para a Série C. No entanto, para resolver a sua vida de vez nesta rodada sem depender dos adversários é necessário derrotar o Vitória para zerar de vez qualquer chance de descenso.

Diante de um cenário relativamente tranquilo, no entanto, não seria estranho se Vanderlei Luxemburgo aproveitasse o duelo para testar novas possibilidades na equipe. Certa, porém, é a ausência de Adriano, suspenso. Com isso, Rômulo deve passar ao meio-campo e Norberto ganhar uma nova oportunidade na lateral-direita.

O Vitória: ganhou fôlego na briga contra o rebaixamento após vencer o Vasco na última partida e recebe o Cruzeiro para consolidar o momento de reação e talvez até deixar o Z-4 já nesta rodada.

Em 18° lugar, o Leão é recordista de empates na competição ao lado da Raposa, mas sofre muito para conquistar os três pontos nas partidas. Os rubro-negros, aliás, venceram mais apenas que o lanterna Brasil de Pelotas, mas duas das sete vitórias baianas foram justamente nas últimas cinco rodadas.

Sob o comando de Wagner Lopes, o Vitória tem o experiente zagueiro Wallace como liderança no elenco e o atacante David como principal apoio ofensivo e arma para tentar respirar um pouco mais na briga contra o rebaixamento.

Vitória: Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace, Thalisson e Roberto; João Pedro, Eduardo e Bruno Oliveira; Marcinho, Fabinho e David. Téc: Wagner Lopes.

Cruzeiro: Fábio; Norberto, Rhodolfo, Eduardo Brock e Felipe Augusto; Rômulo, Lucas Ventura e Giovanni; Vitor Leque, Wellington Nem e Thiago. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Horário e Local: Manuel Barradas, Salvador (BA). Domingo, 14 de Novembr0 de 2021 às 19:00.

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO).

Transmissão: Sportv e Premiere.

Retrospecto: Cruzeiro e Vitória se enfrentaram 19 vezes com mando de campo baiano pelo Campeonato Brasileiro. E mesmo levando em conta só os jogos fora de casa, a vantagem é azul.

Foram 8 vitórias mineiras, 6 empates e 5 vitórias dos baianos. A Raposa marcou 28 gols e sofreu 26.

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe