Pré-jogo: Tombense x Cruzeiro (Para desencantar)

O Cruzeiro: segue em busca da primeira vitória na temporada em um compromisso oficial após os empates contra Criciúma e URT nas duas primeiras apresentações.

Tendo a maior parte da posse de bola nos dois confrontos, o time cinco estrelas tem sido pouco eficiente na criação de jogadas e o desafio desta quarta-feira é de, enfim, conciliar controle de jogo com finalizações e, principalmente, bola na rede.

Com o importante desfalque de Willian, com lesão muscular, Deivid fará ao menos uma alteração na equipe. Douglas Coutinho é o favorito para herdar a vaga.

A Tombense: estreou com o pé esquerdo no campeonato estadual e foi derrotada pelo Villa Nova por 2×1 na rodada inicial.

Precisando se recuperar, a equipe de Tombos abriu mão do mando de campo e buscando uma arrecadação maior transferiu a partida para Muriaé, o que deixará o estádio com ampla maioria cinco estrelas.

Com Joílson buscando o melhor condicionamento físico, a Tombense terá uma equipe com valores pouco conhecidos e o treinador Pingo buscando destaque entre os comandantes do interior ao longo do campeonato.

Tombense: Darley; Lucas Silva, Matheus Lopes, Silvio e Paulo Otávio; Jean, Gelson, Rodney e Caio; Daniel Amorim e Paulo Téc: Pingo.

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique e Ariel Cabral; Marcos Vinícius, De Arrascaeta e Alisson; Douglas Coutinho. Téc: Deivid.

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Celso Luiz da Silva e Marconi Helbert Vieira

Horário e local: Soares de Azevedo, Muriaé (MG). Quarta-feira, 03 de Fevereiro de 2015 às 19:30

Motivo: Campeonato Mineiro de 2016. 2ª rodada.

Transmissão: PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e no twitter @GdosGramados

Retrospecto: Será o primeiro confronto entre as equipes em Muriaé, mas desde o acesso da Tombense ao Módulo I em 2013 as duas equipes já se enfrentaram três vezes.

Foram 2 vitórias da equipe celeste e 1 da equipe alvirrubra. A Raposa marcou 7 gols e sofreu outros 3.

Por: João Henrique Castro