Pré-jogo: Palmeiras x Cruzeiro (Alimentar ilusão)

O Cruzeiro: jogou fora nas duas últimas rodadas a chance de entrar na briga pelo título brasileiro. Todavia, tem nesta segunda-feira uma chance de ouro de reascender a chama na disputa.

O confronto direto pelas primeiras posições contra o Palmeiras pode deixar a Raposa a nove pontos do Corinthians faltando sete rodadas. Muito difícil, especialmente após os dois últimos desempenhos celestes. Mas alimentar a ilusão pode ser o primeiro caminho para construir uma realidade feliz.

Sem Hudson, Rafael Sobis e ainda sem Léo, o time cinco estrelas terá Lucas Romero no meio-campo e Rafael Marques no ataque como principais novidades.

O Palmeiras: passou a depender só de si para faturar o título nacional e estará certamente muito motivado para o duelo.

Com expectativa de estádio lotado no confronto que antecede o clássico contra o Corinthians, o alviverde mira também se vingar da eliminação para o Cruzeiro nas quartas-de-final da Copa do Brasil.

Embalada desde a chegada de Alberto Valentim ao comando técnico, a equipe paulista tem valores como os ex-cruzeirenses Mayke, Egídio e Dudu para tentar conquistar a vitória.

Palmeiras: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Tchê Tchê, Jean e Moisés; Keno, Dudu e Borja. Téc: Alberto Valentim.

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Manoel, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Romero, Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Marques. Téc: Mano Menezes.

Horário e Local: Allianz Park, São Paulo (SP). Segunda-feira, 30 de Outubro de 2017 às 20:00.

Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Heber Roberto Lopes (SC), auxiliado por Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes (SC).

Transmissão: Sportv, exceto SP, e PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e, principalmente, no twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Palmeiras se enfrentaram 32 vezes em partidas com mando de campo alviverde pelo Brasileirão e nestas circunstâncias a vantagem é alviverde.

Foram 8 vitórias do Cruzeiro, 10 empates e 14 vitórias palmeirenses. O time cinco estrelas marcou 41 gols e sofreu 56.