17 ago Pré-jogo: Náutico x Cruzeiro (Afastar os tropeços)


O Cruzeiro: voltou a engasgar na Série B do Brasileirão e, mesmo ainda invicto sobre o comando de Vanderlei Luxemburgo, já conta dois jogos sem vencer na competição.

Pressionado pela proximidade da zona de rebaixamento, mas ainda alimentando a esperança de uma arrancada, o time celeste sabe que reagir rapidamente é crucial neste processo. E mesmo atuando fora de casa contra o Náutico, apenas a vitória interessa para mais uma vez tentar virar a chave e reagir.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Jean Victor deverá ser substituído por Matheus Pereira na lateral-esquerda. Outras mudanças podem acontecer no ataque, com Marcelo Moreno recuperando a titularidade e o retorno de Bruno José após cumprir suspensão.

O Náutico: vive o seu pior momento na temporada e após um bom início na Série B, viu o elenco sofrer algumas baixas e a equipe cair de produção.

Campeão pernambucano, o Timbu não participou da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, mas chegou a ser o líder destacado da segunda divisão até a primeira metade do turno. O alvirrubro, entretanto, mergulhou em uma série de jogos sem vencer, já são cinco, e chega para o duelo pressionado pela necessidade de reação.

Comandado por Hélio dos Anjos, o  Náutico tem o meia Jean Carlos como principal referência técnica, mas conta ainda com peças de destaque como o zagueiro Camutanga e o atacante Caio Dantas, artilheiro da Série B 2020 quando atuava pelo Sampaio Corrêa.

Náutico: Alex Alves; Hereda, Camutanga, Rafael Ribeiro, Rafinha (Breno Lorran); Djavan (Trindade), Rhaldney, Jean Carlos; Tailson (Matheus Carvalho), Caio Dantas e Vinícius.  Téc: Hélio dos Anjos.

Cruzeiro: Fábio; Norberto, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Rômulo e Giovanni; Wellington Nem, Bruno José e Marcelo Moreno (Rafael Sobis).Téc: Vanderlei Luxemburgo.

Horário e Local: Aflitos, Recife (PE). Terça-feira, 14 de Agosto de 2021 às 19:00.

Motivo: 19ª rodada do Brasileirão Série B.

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

Transmissão: Sportv e PFC.

Retrospecto: Enfrentar o Náutico em Pernambuco nunca foi tarefa das mais simples e o histórico do confronto reforça esta dificuldade.

Em 17 jogos com mando de campo do Timbu pelo Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro venceu apenas 3, empatou outros 4 e perdeu 10. Foram 15 gols marcados e 30 sofridos.

Por: João Henrique Castro

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe