Pré Jogo: Nacional-PAR x Cruzeiro (Para seguir firme rumo ao título continental)

O Cruzeiro: jogando como visitante, a equipe celeste vai ao Defensores Del Chaco podendo até empatar para seguir adiante na Copa Sul-americana. Entretanto, a vitória por 2 a 1 no Mineirão rende ao Maior de Minas uma vantagem mínima, visto que um simples placar de 1 a 0 é suficiente para os paraguaios nos eliminarem. O Cruzeiro então precisa de gols para não sofrer pressão ou a intempérie de uma bola vadia.

O técnico Mano Menezes aparentemente não vai mudar a configuração da equipe, mantendo o mesmo time que perdeu a final do Mineiro para o Atlético-MG no último domingo. A única baixa deverá ser Rafael Sobis que sentiu problemas na coxa e deverá ser substituído por Ramon Ábila. O camisa 9 argentino é o artilheiro celeste na temporada e marcou um lindo gol de voleio na última partida, mesmo vindo do banco de reservas.

Com apenas 20 atletas relacionados, sendo que três são goleiros e um é Sobis que não está 100%, a expectativa fica por uma atuação sólida do time celeste, que consiga deixar pra trás rapidamente o fracasso no Estadual. A questão física pode pesar, visto que o time paraguaio jogou na última sexta-feira e o Cruzeiro no domingo, sendo que ainda encaramos uma viagem ao Paraguai… A entrada de jogadores como Alisson, Lucas Silva e Dedé, para girar melhor o plantel, não está descartada.

O Nacional: vem em franca recuperação na temporada desde que o atual treinador, Roberto Torres, assumiu o comando técnico. Quando o Nacional foi sorteado como adversário do Cruzeiro, os paraguaios eram lanternas. Quando jogamos a partida de ida, tinham conquistado a primeira vitória com Torres. Hoje, o clube vive bom momento e entrou em campo 5 vezes desde o embate no Mineirão: Foram 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota.

Entre as mudanças do time que veio a Belo Horizonte no mês passado, o goleiro Rojas tomou a posição de Gimenez e foi titular nos últimos 5 encontros. Na zaga, o capitão Miranda volta a ser referência no setor e Paniagua, que jogou como volante em BH, pode ser recuado para compor a linha defensiva, permitindo a entrada de outro atacante. O volante Santana, autor daquele improvável gol de cabeça que encobriu Rafael, também está confirmado.

O meia Salgueiro, o atacante Bareiro e o meio-campista Javier Garcia (especulado como reforço para o Cruzeiro) também deverão estar em campo. A surpresa pode ficar por conta do atacante argentino Juan Vieyra, autor de 2 gols nas últimas partidas do time paraguaio.

Cruzeiro: Rafael, Mayke, Léo, Caicedo (Dedé) e Diogo Barbosa; Henrique (Lucas Silva), Hudson, Rafinha (Alisson), Thiago Neves e Arrascaeta; Ábila (Rafael Sobis). Téc: Mano Menezes.

Nacional: Santiago Rojas (Giménez); Davalos, Miranda, Paniagua e Rojo; Santana, Villagra, Garcia e Salgueiro; Vieyra e Bareiro. Técnico: Roberto Torres.

Horário e Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. Quarta-feira, 10 de maio de 2017, às 19h15.

Motivo: Jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana

Arbitragem: Gustavo Murillo (COL), auxiliado por Eduardo Diaz (COL) e Humberto Clavijo (COL).

Transmissão: SporTV 2. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e, principalmente, no twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Nacional do Paraguai se enfrentaram uma única vez na história, justamente na partida de ida da Copa Sul-Americana, vencida pelo time brasileiro por 2 a 1.

Por: Emerson Araujo