Pré-jogo: Cruzeiro X Santos (Seguir lutando)

O Cruzeiro: já está praticamente salvo da ameaça de rebaixamento. A situação, inclusive, permite ao time celeste mudar o foco e o discurso de tentar uma vaga no G-6 já deu suas caras na Toca da Raposa após a vitória sobre o Sport na última rodada.

Diante disso, a motivação para o confronto contra o Santos é seguir respirando na briga pelo G-6 e uma vitória mantém a esperança viva por, ao menos, mais uma rodada. Pois mesmo que Botafogo, Atlético-PR e Corinthians também vençam, o que deixaria o G-6 impossível, o sétimo lugar ainda seria uma possibilidade de Libertadores, atrelada ao resultado da final da Copa do Brasil.

Confiando na possibilidade, Mano Menezes mandará a campo o que tem de melhor. Sem Rafael Sobis, suspenso, Alisson deve herdar a vaga no time titular. Bruno Rodrigo e Robinho voltam a ser relacionados, mas devem começar no banco de reservas.

O Santos: sonha com o título e uma vitória mantém a disputa em aberto com o Palmeiras por ao menos mais uma rodada.

Com 4 pontos de desvantagem, a situação santista não é confortável, mas há razões para acreditar. E certamente estas motivarão o Santos a não se acovardar no Mineirão e a buscar um triunfo fora de casa.

Sem desfalques significativos, Dorival Junior terá no talento de destaques como Renato, Lucas Lima, Vitor Bueno e Ricardo Oliveira as principais armas para tentar bater a Raposa. Copete, autor de 4 gols nas últimas 3 partidas, é outro jogador que merece atenção especial.

Cruzeiro: Rafael; Lucas Romero, Léo, Manoel (Bruno Rodrigo) e Edimar (Bryan); Henrique, Ariel Cabral, Marcos Vinícius (Robinho) e Arrascaeta; Alisson e Willian. Téc: Mano Menezes.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Fabián Noguera, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira. Téc: Dorival Júnior.

Horário e Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG). Domingo, 20 de Novembro de 2016 às 17:00.

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Heber Roberto Lopes (SC), auxiliado por Carlos Berkenbrock (SC) e Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)

Transmissão: PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook, além do twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Santos se enfrentaram 26 vezes em partidas com mando de campo celeste pelo Brasileirão e a vantagem é cinco estrelas.

Foram 8 vitórias da Raposa, 11 empates e 7 derrotas. O time mineiro marcou 39 gols e sofreu 31.

Por: João Henrique Castro