Pré-jogo: Cruzeiro X Goiás (É hoje!)

O Cruzeiro: está próximo da conquista do tetracampeonato nacional. Para isto, basta vencer o Goiás neste domingo com o Mineirão lotado e correr para o abraço. Aliás, se o São Paulo não derrotar o Santos, até com derrota a China Azul fará a festa.

A cabeça da torcida e dos jogadores tem se dividido entre Brasileirão e Copa do Brasil nas últimas semanas, mas as vitórias sobre Santos e Grêmio fora de casa mostraram um Cruzeiro maduro, capaz de rodar o elenco e até mesmo mais descansado. E para coroar esta grande campanha, uma vitória seria mais do que justa.

A escalação, movida também pela vontade dos atletas de atuar no jogo decisivo, está indefinida. A torcida certamente está na expectativa de ver os titulares em campo, mas não será nenhuma surpresa se algum titular for poupado visando a decisão da Copa do Brasil na quarta. Certo mesmo é que Samudio e Willian Farias, suspensos, e Marquinhos, Tinga, Rafael, Alisson e Dedé, lesionados, ficam de fora.

O Goiás: está praticamente de férias. Com remotas chances de rebaixamento, já que tem 6 pontos e 3 vitórias a mais que o Coritiba, primeiro do Z-4, além de Figueirense, Palmeiras, Chapecoense e Vitória como candidatos mais próximos à zona de descenso, a diretoria e os jogadores goianos já começaram o papo de encerrar a temporada com dignidade.

Um fator que muitos se esquecem, mas que pode motivar os goianos, no entanto, é a diferença de premiação por colocação ao final do ano. Atualmente em 12°, o Verdão do Cerrado pode terminar em 8°, conquistando mais dinheiro e valorização dos seus atletas.

Com jovens talentos como Erik e Samuel, a equipe de Ricardo Drubsky busca ainda interromper o mau momento. Nas últimas 5 rodadas, fora 4 derrotas e apenas 1 vitória sobre o Bahia, um dos principais candidatos ao rebaixamento na temporada.

Cruzeiro:Fábio; Mayke, Leo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Marcelo Moreno. Téc: Marcelo Oliveira

Goiás: Renan; Tiago Real, Jackson (Alex Alves), Pedro Henrique e Felipe Saturnino; Amaral, David, Thiago Mendes e Ramon; Erik e Samuel. Téc: Ricardo Drubsky

Horário e local: Mineirão, Belo Horizonte (MG). Domingo, 23 de novembro de 2014 às 17:00.

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Arbitragem: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC), auxiliado por Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Câmara Bastos (SC)
Transmissão: Globo MG e PFC. O Guerreiros dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seus canais oficiais no Facebook e Google Plus, além do Twitter @GdosGramados.
Retrospecto: Se depender do histórico, o Cruzeiro já pode se considerar tetracampeão brasileiro, pois a história dos confrontos contra o Goiás com mando de campo cinco estrelas pelo Brasileirão é bem favorável ao time celeste.
Foram 18 jogos com a Raposa vencendo 13, empatando 2 e perdendo apenas 3. Nos gols marcados, uma goleada celeste. 35 contra 11.

Por: João Henrique Castro