15 dez Pré-jogo: Cruzeiro x CSA (Subir degraus)


O Cruzeiro: busca dar mais um passo em direção ao grupo de acesso e pode fechar a rodada até na sétima colocação, dependendo de outros resultados. Mas uma vitória sobre o CSA, independente do que acontecer nos jogos alheios, já garante ao time celeste no mínimo a nona colocação, colocando a Raposa pela primeira vez no grupo dos dez primeiros colocados.

Além desta subida na tabela, a equipe cinco estrelas tem a chance de por um freio em um dos rivais diretos na luta pelo G-4. Com pouco espaço para tropeços na reta final, vencer especialmente os confrontos diretos pode ser o diferencial para um fim de temporada feliz. A importância do duelo, portanto, é elevada.

O retorno de Jadsom Silva após cumprir suspensão será no lugar de Adriano, o suspenso da vez. Já a recuperação de William Potker deve ser a principal novidade de Felipão e do Cruzeiro que, em função dos custos elevados do Mineirão, passa a jogar no Independência os jogos como mandante até o encerramento da competição.

O CSA: entrou na briga pelo acesso após um início irregular na Série B e com uma sequência de duas vitórias seguidas e de dez pontos nos últimos cinco jogos, vive o seu melhor momento na competição.

O azulino de Maceió pode até entrar no G-4 nesta rodada e motivação não falta para se colocar como um obstáculo às pretensões do Cruzeiro, especialmente a partir da consolidação do quadro que coloca os dois clubes como rivais diretos na briga pelo acesso.

Com nomes experientes como Luciano Castán, Rodrigo Pimpão e o ex-cruzeirense Diego Renan, o técnico Mozart tem basicamente todo o elenco à disposição para o confronto desta terça-feira. A exceção fica por conta do atacante Paulo Sérgio, artilheiro da equipe na Série B e terceiro goleador na lista completa da competição.

Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Jadson, Jadsom Silva e Filipe Machado; Airton, Rafael Sobis e William Pottker. Téc: Felipão.

CSA: Matheus Mendes; Cedric, Rodolfo Filemon, Luciano Castán e Diego Renan; Geovane, Yago e Nádson; Rodrigo Pimpão, Rone e Pedro Lucas.  Téc: Mozart.

Horário e Local: Independência, Belo Horizonte (MG). Terça-feira, 15 de Dezembro de 2020 às 21:30.

Motivo: 29ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN) auxiliado por Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN).

Transmissão: PFC.

Retrospecto: Cruzeiro e CSA encontraram-se duas vezes em partidas com mando de campo mineiro no Campeonato Brasileiro e a vantagem da Raposa é estreita.

Com uma vitória para cada lado, o time cinco estrelas leva a vantagem nos gols marcados. Foram dois, enquanto o rival foi às redes em uma única oportunidade.

Por: João Henrique Castro

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe