Pré-jogo: Cruzeiro X Coritiba (Para chegar vivo na última rodada)

Salve nação celeste! O ano de 2009 vem raiando e o Cruzeiro fará neste domingo a sua última partida no Mineirão poor esta temporada. A nossa casa, no entanto, não foi necessariamente um palco de alegrias neste ano como estamos acostumados.

Embora tenhamos vencido o Campeonato Mineiro e vencido Grêmio, São Paulo e Estudiantes (1ª fase) pela Libertadores, o Mineirão se tornou um castigo para o time após a derrota na final da Libertadores. O Cruzeiro perdeu muitos em casa no Campeonato Brasileiro e mesmo tempo a melhor campanha fora de casa entre os competidores, corre o risco de ficar fora até da Libertadores pelos inúmeros tropeços em casa.

Por isso tudo, a partida contra o Coritiba tem um caráter fundamental. O Cruzeiro não vence em casa há mais de um mês e chegou a última chance de mostrar um bom futebol diante da torcida celeste. Confiantes de que isso acontecerá, milhares de cruzeirenses se dirigirão ao Mineirão com uma expectativa apenas. A vitória a qualquer custo e a sobrevivência das chances de chegar à Libertadores na última rodada ou, quem sabe, até de título.

Para realizar esta missão o Cruzeiro acabou sofrendo uma baixa de última hora. Kléber foi cortado e não joga mais no Mineirão nesta temporada. Era a chance do jogador se redimir perante a torcida, como já tinha escrito em coluna anterior. O retorno fica adiado para a última rodada, na partida contra o Santos, fora de casa.

Outro desfalque importante será a ausência de Gilberto, suspenso até o fim do campeonato. O mais provável é que Leandro Lima receba uma chance de ser titular. De resto, a equipe atuará com força máxima, incluindo o retorno de Caçapa a zaga no lugar de Gil, que também está suspenso.

Do lado do Coritiba, os desflaques são os atacantes Ariel e Rômulo (que pertence ao Cruzeiro), os laterais-direito Ângelo e Heffner e o zagueiro Pereira. A equipe vem ao Mineirão em busca de um bom resultado para espantar de vez a ameaça de rebaixamento o que pode ajudar o Cruzeiro. Pressionado por uma vitória, o Coxa terá que dar espaços e a equipe celeste não deverá ter tantas dificuldades como acontece quando enfrenta algumas equipes retrancadas. Olho em na dupla Marcelinho e Carlinhos Paraíba, além de Pedro Ken, novo reforço do Cruzeiro para o ano que vem.

Por fim, um recado para que for ao Mineirão. Apoio até o fim. Este é o nosso último jogo em casa e ainda temos objetivos no campeonato. O gol da vitória pode sair aos 48 do segundo tempo ou aos 15 segundos do primeiro. Não sabemos. Fiquemos então ao lado do time, pois ainda temos algo a ganhar neste campeonato.

Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Cláudio Caçapa, Leonardo Silva e Diego Renan; Henrique, Fabrício, Marquinhos Paraná e Leandro Lima; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista. Téc: Adílson Batista.

Coritiba: Vanderley; Márcio Gabriel, Dirceu, Jéci e Luciano Amaral; Jaílton, Leandro Donizete, Pedro Ken e Carlinhos Paraíba; Marcelinho Paraíba e Marcos Auréilo. Téc: Ney Franco.

Curiosidade da partida: Cruzeiro e Coritiba já se enfrentaram 10 vezes com mando de campo celeste pelo Campeonato Brasileiro e o retrospecto, embora favorável ao Cruzeiro, é apertado.

São 3 vitórias cruzeirenses e 5 empates contra 2 vitórias coxa-branca. O Cruzeiro marcou 14 gols e sofreu 12.

João Henrique Castro (@jhfcastro), tem 23 anos. Mineiro radicado no Rio de Janeiro,graduado em História pela Universidade Federal de Viçosa, mestrando pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e professor de História. Realiza no Guerreiro dos Gramados, o sonho de poder dividir com a China Azul os seus pensamentos sobre o nosso amado Cruzeiro Esporte Clube. Raramente perde uma partida do clube, mesmo não podendo ir freqüentemente ao estádio. Siga o GDG no twitter: @gdosgramados.