Pré-jogo: Cruzeiro x Chapecoense (Pela ponta)

O Cruzeiro: volta a enfrentar a Chapecoense neste domingo, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. E após eliminar os catarinenses da Copa do Brasil, a Raposa tem por objetivo agora conseguir os 3 pontos e se firmar na liderança do campeonato.

O bom início no campeonato, com o retorno invicto de uma turnê de dois jogos fora de casa, amplia a confiança para o confronto e motiva o torcedor cinco estrelas.

Na armação do time, Mano Menezes pode promover, inclusive, uma alteração tática. Hudson pode, por exemplo, ir para lateral-direita e abrir espaço para o retorno de Rafinha ao time titular. No ataque, Rafael Marques pode, novamente, assumir a posição.

A Chapecoense: certamente estará mordida pela eliminação na Copa do Brasil e com sede de se vingar do time celeste, permanecendo na liderança e tirando a Raposa do topo da classificação.

O bom desempenho recente da equipe, especialmente da defesa, é um trunfo do Índio Condá para surpreender no Mineirão e conseguir um resultado satisfatório.

No campo, Vágner Mancini promoverá duas alterações. Na zaga, o suspenso Luiz Otávio dá lugar a Douglas Grolli. Enquanto isso, no meio-campo o venezuelano Seijas retorna no lugar de Nadson.

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero (Hudson), Leo, Kunty Caicedo e Diogo Barbosa; Ariel Cabral, Henrique e Hudson (Rafinha); Thiago Neves, Alisson e Rafael Marques (Ramón Ábila). Téc: Mano Menezes.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Victor Ramos, Douglas Grolli (Fabrício Bruno) e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e Seijas; Rossi, Wellington Paulista e Arthur Caíque. Téc: Vágner Mancini.

Horário e Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG). Domingo, 04 de Junho de 2017 às 19:00.

Motivo: 4ª fase da Copa do Brasil.

Arbitragem: Claudio Francisco Lima e Silva (SE), auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO).

Transmissão: Sportv e PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e, principalmente, no twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Chapecoense se enfrentaram três vezes com mando de campo celeste pelo Brasileirão e a vantagem é azul, mas apenas no saldo de gols.

Com uma vitória para cada lado, além de um empate, a Raposa triunfa por ter marcado 4 vezes enquanto a Chapecoense fez apenas 3 gols.

Por: João Henrique Castro