05 set Pré-jogo: Cruzeiro X Botafogo (Para seguir construindo a arrancada)


O Cruzeiro: iniciou o segundo turno a todo vapor e joga nesta quarta-feira visando consolidar a arrancada em direção ao G-4 do Brasileirão.

Diante do Botafogo, a Raposa terá um desafio contra um concorrente direto na disputa pela Libertadores, mas se o jogo apresenta uma dificuldade maior que os desafios iniciais do returno, ele também serve para atestar de vez que o time celeste não está de brincadeira ao mirar as primeiras colocações do campeonato.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ainda sem poder contar com Montillo e Ceará, além de Charles, suspenso pelo STJD, o time celeste tem também a missão de mostrar mais uma vez que as peças de reposição do grupo também funcionam em grandes jogos. A hora de provar é essa.

O Botafogo: faz uma temporada irregular e oscila entre bons jogos, como contra o Coritiba na última rodada, e desempenhos sofríveis, como na partida diante do São Paulo na penúltima rodada.

Com problemas para escalar a equipe (Renato, Jeferson, Marcelo Matos e Lodeiro são os desfalques mais importantes) , Oswaldo de Oliveira terá a volta de Seedorf e de Andrezinho para montar um time competitivo e tentar desafiar a Raposa no Independência. Páreo duro e promessa de um bom jogo em Belo Horizonte.

Cruzeiro: Fábio; Léo, Mateus, Rafael Donato e Everton; Leandro Guerreiro, Lucas Silva (Sandro Silva), Tinga e Souza; Wallyson e Borges. Téc: Celso Roth.

Botafogo: Renan; Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo; Jadson, Gabriel, Seedorf, Andrezinho e Fellype Gabriel; Elkeson. Téc: Oswaldo de Oliveira.

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP) , auxiliado por Altemir Haussman (RS) e Rafael da Silva Alves (RS).

Horário e local: Independência, Belo Horizonte (MG). Quarta-feira, 05 de setembro às 22:00 horas.

Competição: Campeonato Brasileiro, 22ª rodada.

Retrospecto: O Cruzeiro leva ampla vantagem sobre o Botafogo em duelos pelo Campeonato Brasileiro com mando de campo da Raposa.

Foram disputados 25 jogos e o time celeste venceu 15, empatou 6 e perdeu apenas 4. Foram 47 gols marcados pela equipe azul e 26 pela alvinegra.

 

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe