18 set Pré-jogo: Cruzeiro X Botafogo (Com cara de decisão)


Pré-jogo: Cruzeiro X Botafogo (Com cara de decisão) - Imagem: GloboEsporte.com

O Cruzeiro: vive o seu melhor momento no Brasileirão desde a conquista do título nacional em 2003. É bem verdade que o clube até bateu na trave em outras ocasiões, mas a liderança com 4 pontos de vantagem e com possibilidade real para ser ampliada para 7 com uma vitória em um confronto direto não existiu nem na tranquila caminhada daquele ano (no confronto direto com o Santos no segundo turno, as duas equipes estavam empatadas em número de pontos).

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 É bem verdade que o fato do adversário de logo mais ser o Botafogo ajuda a dar cara de decisão para o duelo. Vice-líder e com uma campanha consistente, mesmo quando perde algumas das suas principais peças, o time carioca se apresenta hoje como maior adversário na disputa pelo título. Vencer, portanto, pode ser um grande passo para a conquista, embora não defina o campeonato.

Para a partida, Marcelo Oliveira deverá promover apenas o retorno de Ceará à titularidade após o jogador ter ficado no banco de reservas contra o Atlético-PR. De resto, a Raposa vai para campo com a base das últimas rodadas e força total para se aproximar ainda mais do título nacional.

O Botafogo: vem acompanhando a sequência de vitórias do Cruzeiro e nas últimas 7 rodadas foi o time que esteve mais perto da série vitoriosa celeste, conquistando 6 vitórias e 1 empate.

É devido a estes resultados que a distância entre os clubes segue relativamente apertada, mas para os cariocas talvez não haverá ao longo do campeonato uma oportunidade tão clara de se aproximar do Cruzeiro através do seu próprio esforço como nesta quarta-feira.

Sem Dória, suspenso, Oswaldo de Oliveira aposta em André Bahia para compor o sistema defensivo ao lado de Bolívar. Gabriel é outro que fica fora, com Renato seguindo na equipe. No entanto, Lodeiro retorna de suspensão e é um jogador que pode dar muito trabalho à marcação cinco estrelas.

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Borges. Téc: Marcelo Oliveira.

Botafogo: Jeferson; Edílson, Bolívar, André Bahia e Júlio César; Marcelo Mattos, Renato, Seedorf e Lodeiro; Rafael Marques e Elias. Téc: Oswaldo de Oliveira.

Horário e local: Mineirão, Belo Horizonte (MG). Quarta-feira, 18 de setembro de 2013 às 21:50.

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Marcelo Bertanha Barison.

Motivo: Campeonato Brasileiro, 22ª rodada. 

Transmissão: PFC e Globo (exceto São Paulo e Globo Minas). O Guerreiro dos Gramados faz o tempo real da partida pelo twitter @GdosGramados e em suas páginas oficiais no facebook e no google +.

Retrospecto: Cruzeiro e Botafogo se enfrentaram 26 vezes pelo Campeonato Brasileiro em partidas com mando de campo celeste e o retrospecto é amplamente favorável à Raposa.

Foram 15 vitórias, 6 empates e apenas 5 derrotas. No número de gols marcados, novo massacre azul. 48 gols marcados pelo time celeste contra 29 da equipe da estrela solitária.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe