Pré-jogo: Chapecoense x Cruzeiro (Firmar no G-6)

O Cruzeiro: encara a Chapecoense na noite deste domingo e o objetivo é vencer para retornar ao G-6 e se aproximar um pouco mais dos primeiros colocados.

O momento exige a retirada de foco na final da Copa do Brasil, pois a Raposa terá nove pontos em disputa antes do retorno ao mata-mata nacional. Ainda assim, o balanço físico do elenco pode fazer com que uma peça ou outra da equipe titular seja poupada.

Fato é que Mano Menezes faz mistério sobre a escalação e as únicas certezas são as presenças de Digão e Sassá, atletas que não poderão jogar a decisão nacional. A expectativa é que Arrascaeta também volte ao time titular.

A Chapecoense: entrará em campo pressionada pela necessidade de deixar a zona de rebaixamento, mas conta com o fator casa para se impor sobre o Cruzeiro e conquistar a vitória.

O convívio com as excursões internacionais da equipe coincidiu com uma queda de rendimento da equipe no Brasileirão. Nos últimos seis jogos, o Verdão triunfou apenas uma vez e foi cada vez mais se distanciando da primeira metade da tabela.

A necessária reação, contudo, obriga o treinador Vinícius Eutrópio a escalar força máxima, mesmo diante da proximidade do confronto contra o Flamengo pela Sul-Americana, outro grande objetivo Condá na temporada.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Roberto; Moisés Ribeiro, Canteros e Seijas; Arthur, Wellington Paulista e Túlio de Melo. Téc: Vinícius Eutrópio.

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Leo, Digão e Diogo Barbosa (Bryan); Henrique (Nonoca), Hudson (Lucas Silva) e Arrascaeta; Rafael Sobis, Raniel e Sassá. Téc: Mano Menezes.

Horário e Local: Arena Condá, Chapecó (SC). Domingo, 10 de Setembro de 2017 às 19:00.

Motivo: 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho (SP), auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Transmissão: Sportv (menos SC) e PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e, principalmente, no twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Chapecoense se enfrentaram três vezes na Arena Condá pelo Campeonato Brasileiro e o histórico é equilibrado. Cada equipe venceu em uma ocasião, além de um empate. A Raposa, porém, leva vantagem nos gols marcados: 5 para o time celeste e 4 para os catarinenses.