Pré-jogo: Chapecoense X Cruzeiro (Consolidar boa sequência)

O Cruzeiro: pode terminar a rodada na 6ª colocação (dependendo de uma combinação com outros 4 jogos), mas a meta de subir na classificação envolve, principalmente, a necessidade de vencer a Chapecoense e completar a terceira vitória seguida.

De olho na sequência contra Vitória e Atlético-PR em casa nas rodadas seguintes, a Raposa sabe que um triunfo nesta quarta-feira é fundamental para seguir confiante e buscar, enfim, embalar no Brasileirão.

Sem Alisson e Bruno Rodrigo, Paulo Bento terá que promover duas alterações no time titular. Fabrício Bruno deve ser a opção na zaga, enquanto Riascos e Élber disputam o posto na linha ofensiva.

A Chapecoense: perdeu a invencibilidade apenas na 7ª rodada e voltou a ser derrota apenas na 11ª. Ninguém no campeonato perdeu tão pouco.

Por outro lado, os catarinenses venceram somente três jogos, sendo apenas um nas últimas cinco rodadas. E, para piorar, perderam Guto Ferreira que preferiu o Bahia, mesmo na Série B do Brasileirão.

Vindo de goleada sofrida para o Sport, o alviverde tem no artilheiro Bruno Rangel e no início do trabalho de Caio Jr. as esperanças para virar a chave e se impor contra a Raposa.

Chapecoense:  Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Cláudio Winck; Josimar, Cleber Santana e Rafael Bastos (Arthur Maia); Lucas Gomes, Bruno Rangel e Silvinho. Téc: Caio Jr.

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Fabrício Bruno, Bruno Viana, Bryan; Lucas Romero, Henrique, Bruno Ramires, Arrascaeta; Riascos (Élber), Willian. Téc: Paulo Bento.

Horário e Local: Arena Condá, Chapecó (SC). Quarta-feira, 29 de Junho de 2016 às 21:00.

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (PR), auxiliado por Luiz H Souza Santos Renesto (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Transmissão: PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook, além do twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Chapecoense se enfrentaram duas vezes na Arena Condá pelo Campeonato Brasileiro e a vantagem é azul.

A Raposa venceu uma partida e empatou outra. Nos gols marcados, 3×1 para o time celeste.

Por: João Castro