Pré-jogo: Atlético-GO x Cruzeiro (Mais um degrau)

O Cruzeiro: pode ganhar mais uma posição no Brasileirão nesta rodada. Para isso, basta vencer o Atlético-GO, deixar o Flamengo, rival da decisão da Copa do Brasil, para trás na classificação.

O desafio, porém, caberá a uma equipe alternativa. A proximidade da final nacional torna esta medida recomendada, mas não significa uma equipe celeste desmotivada ou sem objetivos relevantes em campo.

Buscando aprimorar a forma física, os estrangeiros Romero e Arrascaeta devem ser os comandantes da equipe que inicia a partida. Sassá, ainda com dores, segue de fora.

O Atlético-GO: vem demonstrando reação no campeonato e, embora permaneça na lanterna, tem tido um desempenho mais consistente nas últimas rodadas.

Com 3 jogos de invencibilidade, o Dragão estará motivado a seguir sua recuperação e, sem dúvida, sua capacidade de seguir lutando pela permanência na Série A, o que já chegou a se desenhar como realidade impossível algumas rodadas atrás.

A ausência mais significativa na equipe rubro-negra, contudo, será a do atacante Walter, nome mais conhecido da equipe comandada por João Paulo Sanches. O jovem Alison deve ser o substituto.

Atlético-GO: Marcos; Jonathan, Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Ronaldo, Paulinho, Igor, Andrigo e Luiz Fernando; Alison. Téc: João Paulo Sanches.

Cruzeiro: Rafael; Lennon, Arthur, Digão e Bryan; Nonoca, Lucas Romero, Rafinha, Arrascaeta e Rafael Marques; Rafael Sobis. Téc: Mano Menezes.

Horário e Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO). Domingo, 24 de Setembro de 2017 às 16:00.

Motivo: 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Heber Roberto Lopes (SC), auxiliado por Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Transmissão: Globo MG e PFC. O Guerreiro dos Gramados acompanha a partida em tempo real em seu canal oficial no Facebook e, principalmente, no twitter @GdosGramados.

Retrospecto: Cruzeiro e Atlético Goianiense já se enfrentaram quatro vezes em partidas com mando de campo goiano pelo Brasileirão e o retrospecto é equilibrado.

Cada equipe venceu duas vezes e a igualdade é registrada também no número de gols. 5 para cada lado.