Pra matar a saudade (Sada Cruzeiro 3 x 0 Funvic Taubaté)

Como eu estava ansiosa para assistir o duelo entre Cruzeiro e Taubaté, o reencontro dos nossos saudosos Wallace e Éder com a sua antiga equipe. O Riachão, lotado, recebeu, na noite deste sábado [17], vários jogadores que atuaram nas Olimpíadas do Rio de Janeiro e que mostraram um voleibol de muita qualidade. Também, era perceptível o incômodo estampado na cara de Wallace ao ver seu atual time desestabilizado diante do show da equipe celeste e a força da torcida nas arquibancadas. Não deu outra, 3 sets a 0 para o Sada Cruzeiro.

O jogo
A equipe de Taubaté abriu o placar com Lucas Loh. Apesar de ter em seu elenco atletas como: Lucarelli, Éder e Wallace, que defendem a seleção brasileira, a equipe celeste estabeleceu, durante o primeiro set, 8 pontos de vantagem. Isac demonstrou excelência nos bloqueios e os mineiros fecharam o primeiro set em 25 a 17, ao som de uma bela homenagem da torcida celeste que cantou ‘vamo, vamo Chape!’.

No segundo set, Willian, com maestria, distribuiu as jogadas. Os saques também saíram com qualidade e foram fundamentais. E é digno de observação o desempenho de Filipe que cresceu muito no jogo e ajudou os companheiros a vencer a parcial por 25 a 18.

Simonster abriu o terceiro set. O Cruzeiro enfrentou a parcial mais difícil do jogo, mas contou com a inspiração de Evandro que foi essencial na partida. A equipe paulista passou a frente do placar. Porém, a torcida azul entrou em cena e ao som de “vamo virar, zerô’, Filipe virou a partida. Após várias tentativas do Taubaté de vencer o set, o Sada Cruzeiro não perdoou e fechou em 30 a 28. O Sada segue líder isolado com 29 pontos e o Taubaté caiu para 4º lugar, com 20.

Evandro recebe o troféu VivaVôlei. Foto: CBV/Divulgação

Evandro recebe o troféu VivaVôlei. Foto: CBV/Divulgação

Deixo aqui o meu repúdio as vaias direcionadas a Wallace durante os saques. Achei desnecessário em respeito ao que o atleta já fez pela equipe celeste. Lembrando que o ponteiro, assim como Éder, deixou o Sada Cruzeiro devido ao ranqueamento da CBV, em que os atletas recebem pontuação entre 1 e 7. A soma de cada elenco só pode chegar a 40 pontos e o Sada Cruzeiro estava, no final da temporada passada, com 4 jogadores de nível 7, ultrapassando o limite permitido com a soma do restante do elenco. Wallace e Éder saíram do time e, posteriormente, contratados pela equipe do Taubaté.

O Sada Cruzeiro iniciou a partida com William, Evandro, Filipe e Leal, Simon e Isac e o líbero Serginho. Entraram ao longo do jogo, Fernando Cachopa e Alan. Já o Funvic Taubaté começou com Rapha, Wallace, Lucarelli, Lucas Loh, Otávio, Éder e o líbero Mário Junior. Gelinski, Vinícius, Renan e Kaio entraram durante a partida. O oposto Evandro teve boa participação nesta importante vitória do time cruzeirense e, sendo o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, foi premiado com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. Ele também foi o segundo maior pontuador, com 13 acertos, atrás do cubano Leal, com 16.

Após a décima vitória consecutiva na competição, o próximo desafio celeste e último do ano será contra o Vôlei Brasil Kirin, terceiro na classificação da Superliga. O jogo acontecerá em Campinas, na próxima quarta-feira (21), às 19h30. O SporTV transmitirá o duelo e o portal Guerreiro dos Gramados fará o #TempoRealGDG no twitter @GDosGramados.

TABELA – SUPERLIGA 2016/17

POS.
TIME
PONTOS
JOGOS
Sada Cruzeiro Vôlei
29
10
SESI-SP
23
10
Vôlei Brasil Kirin
22
10
Funvic Taubaté
20
10
Montes Claros Vôlei
18
10
JF Vôlei
16
10
Lebes Genore Canoas
12
10
Minas Tênis Clube
10
10
Bento Vôlei Isabela
10
10
10º
São Bernardo Vôlei
9
10
11º
Copel Telecom Maringá Vôlei
6
10
12º
Caramuru Vôlei/Castro
3
10

 

Classificado para as quartas
Rebaixados para a série B

 

Por Aline Reis

Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro/Divulgação