Para o gasto (Democrata GV 0 x 2 Cruzeiro – Campeonato Mineiro 6ª rodada)

Salve, guerreiros!

Uma vitória esperada, porém, não foi tão tranquila quanto o placar parece refletir. Em noite de Fábio inspirado, a Raposa bateu o Democrata em Governador Valadares e se isolou ainda mais na liderança do Campeonato Mineiro. Jogar em Valadares, para quem não sabe, é sempre complicado. As dimensões reduzidas do campo, ontem, especialmente, a grama estava muito alta, o que dificulta a vida do time mais técnico desacelerando o jogo e facilitando a marcação da equipe da casa. Mancuello e Marcelo Hermes fizeram os gols que deram o triunfo ao Cruzeiro. A Raposa chega a marca de 16 pontos e está praticamente classificada para a próxima fase, já que são 8 (oito) os classificados. Obviamente, mais vantagens terá quanto mais em cima da tabela ficar, e nenhum torcedor do Cruzeiro espera menos que isso.

O jogo

Mano leva a campo um time com algumas modificações. Vem fazendo isso ao longo do certame para a manutenção do elenco com ritmo, poupando atletas para as fases mais importantes e outras competições. Thiago Neves foi mais uma vez poupado por recomendação do departamento médico celeste. O que preciso salientar aqui foram alguns sustos que a Raposa levou, mas, Fábio fez defesas sensacionais.

Primeiro tempo

A Raposa domina completamente o início de partida. Até por volta dos 14′, o Democrata não ameaçou uma vez sequer, entretanto, Fábio precisou intervir no abafa quando Marcinho lançado saiu frente a frente com ele. Há anos tenho afirmado, o “Arqueiro de Deus” é insuperável nesse quesito, isto é, crescer na frente do adversário e fazer a defesa. Apesar do gramado alto, a Raposa conseguiu seu gol em bela troca de passes pela direita, com a bola rebatida pela defesa, sobrou para belo arremate de Mancuello na entrada da área. A partir daí, o Democrata ousou buscar o empate em algumas oportunidades, mas, Fábio estava realmente em noite muito boa.

Segundo tempo

Nesta etapa da partida, o Cruzeiro em vantagem tirou o pé do acelerador, o que é natural nos times do Mano Menezes. Atacou sempre com segurança, mas, a falta de ritmo e entrosamento da zaga nos fez levar alguns sustos. Fábio, mais uma vez, garantiu o zero no marcador celeste, enquanto, o estreante da noite, o lateral esquerdo Marcelo Hermes deu números finais ao confronto. O Cruzeiro faz jus ao nome e ao escudo que enverga, reina absoluto nos céus de Minas Gerais, como deve ser.

Como já disse na coluna passada, vou evitar o “guerreiro de lata” por esses dias, mas, a exemplo do que fiz segunda passada vou honrar o Fábio que garantiu a vitória celeste. Um placar adverso ontem e nossa conversa hoje seria bem diferente.

FICHA TÉCNICA
Democrata 0 x 2 Cruzeiro

Data: Sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018
Horário: 21h30
Estádio: José Mammoud Abbas, em Governador Valadares
Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva (CBF/FMF)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (CBF/FMF) e Wellington Pereira Neto(FMF)

Gols: Mancuello, Marcelo Hermes

Democrata: Ramon; Mike, Jefão, Carlão, Wallace, Ruan, Wallison, Kayo, Fernando, Marcinho, Leandro. Técnico: Gilmar Estevam

Cruzeiro: Fabio; Edílson, Manoel, Léo, Marcelo Hermes, Henrique, Mancuello, Arrascaeta, Robinho, Rafinha, Fred. Técnico: Mano Menezes

A Raposa agora curte o carnaval, e volta a campo em casa contra o Villa Nova no próximo sábado (17/02). Até lá, China Azul.

Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força!

Por: Álvaro Jr