Paciência, China Azul, paciência!

Salve Guerreiros! Mais um amistoso preparatório para a temporada 2015 e mais um resultado inesperado pela China Azul. O Cruzeiro paga pelo sucesso do Bi campeonato brasileiro com várias baixas (fecha logo, janela), e sente o resultado disso. Fica muito claro que o time que foi a campo ontem em Brasília não será o time titular durante as disputas importantes que temos esse ano. Então precisamos ter muita paciência, pois além dos já confirmados Arrascaeta e Riascos, o Cruzeiro pode apresentar novidades nos próximos dias.

O jogo

O Cruzeiro iniciou bem a partida marcando a saída de bola do Shaktar que em alguns minutos achou um modo de fugir da marcação celeste. O Shaktar encontra seu gol em uma típica falha de posicionamento característica da falta de ritmo do início de temporada azul.

O lance de maior perigo celeste foi uma cabeçada de Léo que bateu na trave, mostrando que a bola aérea ainda será um dos trunfos deste time.
Vem a segunda etapa e Marcelo já começa mudando o time, o que não é comum, mas normal nesse início em que ainda procura seu time ideal e por ser um amistoso preparatório. Bruno Edgar entra e da uma dinâmica maior ao meio campo celeste que consegue atuar um pouco mais em cima do time Ukraniano. O empate veio do banco, veio da base. Judivan da números finais ao marcador e mostra que a base celeste se renova e vai nos dar outros Lucas Silva.

Estamos no caminho, mas em um reinício de trabalho, é necessário ter paciência!

Guerreiro dos gramados. Nossa torcida! Nossa força!

Por: Álvaro Reis Junior