O que esperar de Cruzeiro x Náutico

Com todo o respeito aos meus caros e estimados cidadãos pernambucanos, o Náutico é um time que entra na primeira divisão do Campeonato Brasileiro para dar uma espiada, ganhar de um líder ali, perder uns pontos acolá, pisar na janta de alguém e empatar e, quando muito, conseguir uma sobrevida no futebol de elite de mais um ano. Depois, é ladeira abaixo. O time respira e transpira segunda divisão. Mas atualmente o que ele está realmente respirando é o cangote de grandes times, já que ele está ali, na nona posição, prontinho para abocanhar mais um degrau da escadinha.

Tive a oportunidade de ir uma vez a Recife e posso dizer que o Náutico é um célebre e respeitado time de futebol por lá, e longe de mim falar mal dele. Mas o próximo adversário da esquadra pernambucana é o Cruzeiro, e é impossível não ser parcial nesses momentos. O que a gente quer mesmo é que os jogadores saiam da linda cidade recifense para vir a Minas com o intuito de perder tempo. A tarefa, no entanto, não será tão fácil para o time do Cruzeiro.

Deter um time que todos imaginam que vai terminar o campeonato dentre os últimos pode ser coisa rápida de se fazer para times como Manchester, Barcelona ou aquele americano que tem o Herbalife como patrocinador; mas não para o Cruzeiro, que adora complicar frente a adversários menos imbuídos de tradição do que ele. O Náutico vem de uma sequência de quatro jogos sem perder enquanto, nessa contagem, o Cruzeiro tem só dois jogos marcando ponto, contra os Atléticos, Goianiense e o outro.

Além disso, o Náutico também começou com o pé direito o returno, assim como o Cruzeiro. E ambos ganharam de times que estão na parte de baixo de tabela. Enquanto o Náutico fez 3×2 no Figueirense, lanterna do campeonato, o Cruzeiro foi a Goiás tirar 3 pontos do vice-lanterna em um jogo onde não levou gols. Mesmo que ganhe do Cruzeiro, o Náutico não passará o clube mineiro em pontos. Na via inversa, ganhar do Náutico é abrir uma ótima diferença em relação a parte da tabela em que só aparece a metade de baixo quando passa na TV.

Todo cuidado é pouco para enfrentar o Náutico, raça é tudo que pedimos e queremos e a esperança de que o time pernambucano vai vir só para conferir se Minas realmente não tem mar.  #GoCruzeiro #DreamBIG! Foto: VipComm

Lembrando que continua a campanha pelo jogo de despedida de Marcelo Ramos. Clique e assine a petição!