Novo camisa 10 para o Cruzeiro: supérfluo ou necessário? - Cruzeiro Esporte Clube

Novo camisa 10 para o Cruzeiro: supérfluo ou necessário?

Novo camisa 10 para o Cruzeiro: supérfluo ou necessário? - Cruzeiro Esporte Clube

Nos últimos tempos um assunto permeia os arredores da Toca da Raposa: será necessária a vinda de um camisa 10 para o time do Cruzeiro? Se for, qual seria o melhor nome?   A conjuntura de poucos jogos e, principalmente, o longo tempo sem enfrentar adversários fortes (considerando a partida contra o Internacional a última) não nos mostra a real situação do time, que sim, joga bem, mas ainda não é parâmetro.

No último jogo ficou nítida que a principal forma de ataque do time é saindo em velocidade com os laterais, que trabalham a bola com os pontas, que se mostrou uma boa jogada e que trouxe resultados. Neste caso, se a jogada se firmar como uma arma letal em todos os jogos do time, inclusive contra equipes melhores, não penso que a chegada de um camisa 10 seria extremamente necessária, mas bem vinda. Um jogador que tenha o toque de bola mais refinado, com melhor visão para concretizar uma jogada nunca é descartável, mas na conjuntura que se forma não é necessário.

Penso ser bem mais urgente a chegada de um bom volante, que atue como um terceiro zagueiro, para cobrir as investidas dos laterais. E que se trabalhe essa jogada para se tornar uma potente arma do time. É óbvio que te um plano B é essencial, mas não precisa estar ligado à chegada de um camisa 10.

O time do Cruzeiro vem em uma crescente que dá esperanças de bons resultados neste ano. Com um trabalho forte do elenco que já se tem, com certeza o time estará nas cabeças, mas lembrando que qualquer ajuda é bem vinda.