14 jan Nada tão frustrante que não possa piorar (Cruzeiro 0 x 1 Oeste – Brasileirão Série B – 34° rodada)


Em meio a uma crise sem fim, Cruzeiro perde para Oeste no independência e fica cada vez mais impossível de sonhar com o acesso. Bem pelo contrário, a maior briga de Felipão e seus jogadores é realmente evitar a queda pra Série C, o clube segue perto do Z4. Principalmente pelo que acontece fora dos gramados, a equipe passa por turbulências como quase 3 meses de salários atrasados e jogadores pedindo pra sair. A luta e a dificuldade seguem por todos os lados do clube.

O JOGO

O reflexo da crise fora dos campos acabou atingindo o ambiente dos jogadores, ambos concordaram em não se concentrar no CT para o jogo. Porém, vontade não faltou na hora da partida, mesmo assim o Oeste saiu na frente no final do primeiro tempo, mas a equipe celeste voltou determinada e tentando o tempo todo. No entanto, o time esbarrou na falta de qualidade e desperdiçou as chances que criou.

PRIMEIRO TEMPO

Muito equilibrado e algumas chances para ambos os lados, assim se define a primeira etapa, Rafael Sobis levou perigo ao gol adversário por meio de cobranças de falta e algumas jogadas mas sem sucesso. Quem aproveitou a melhor chance que teve foi o time paulista, aos 41 minutos após Raí Ramos receber livre pela direita e cruzar para área, o atacante Fábio aproveitou e cabeceou para o gol, marcando assim o único gol da partida.

SEGUNDO TEMPO

Para a etapa complementar, Felipão realizou duas alterações importantes, Claudinho e Stênio vieram a campo nos lugares de Moreno e Airton. Com isso, a raposa voltou determinada a fazer seu gol, criando muitas chances e realizando boas trocas de passe. Infelizmente de nada adiantou, mesmo chegando a 79% de posse, a equipe seguiu com dificuldade em acertar a pontaria e concretizar as oportunidades. A carência do elenco em algumas posições acabou ficando claro na partida de ontem, paga-se o preço por um péssimo planejamento.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 0 x 1 OESTE

Data: 13 de janeiro de 2021 (quarta-feira)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Competição: Campeonato Brasileiro da Série B (34ª rodada)

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE) Assistentes: Clóvis Amaral da Silva e Ricardo Bezerra Chianca (ambos de PE)

Cartão amarelo: Não houve

Cartão vermelho: Não houve

Gol: Fábio (41′ 1ºT)

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira (Patrick Brey); Adriano, Filipe Machado (Thiago); e Rafael Sóbis (Sassá); Airton (Claudinho), Welinton e Marcelo Moreno (Stênio). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

OESTE: Caíque França; Raí Ramos, Vitão, Maurício Barbosa e Rael (Bruno Lopes); Lídio, Yuri (Bruno Miguel) e Caio, Diogo (Betinho); Pedrinho, Fábio (Kalil) e Léo Ceará (Índio). Técnico: Roberto Cavalo


Deixe seu comentário, curta e compartilhe