09 mar Lições de um 0 x 0


Ok, todo mundo sabe, não vencemos ontem, foi a primeira partida do ano em que não marcamos gol, a imprensa já está falando que “a vantagem na liderança está menor”, mas o que me preocupa mesmo para a Libertadores é a forma do time jogar e a má fase de alguns jogadores.
 
Ontem, a grata surpresa foi o Andrey, pra mim o melhor do Cruzeiro, pois se não fosse sua boa atuação, ontem seria derrota ao invés de empate. Não entendi a escalação do Marquinhos Paraná de lateral-direito, praticamente não tivemos jogadas de linha de fundo pelo seu lado. O Cruzeiro joga muito mais quando atua com a linha de três volantes, sem contar que Bernardo ainda tem muito a evoluir. A zaga não comprometeu. Sorín está dando continuidade ao seu processo de recuperação e quase marcou um gol, se esticando todo mas não alcançando um chute cruzado da direita. Henrique, Kléber e Wellington Paulista tiveram atuações razoáveis, sem serem espetaculares. Na minha visão, o Fabrício está não está jogando a mesma bola que no ano passado. Aliás, a única partida decente dele este ano foi contra o Estudiantes, no Mineirão. Não sei se é falta de condicionamento físico ou se é apenas má-fase, mas ele tem arriscado menos no ataque, e quando chega erra muitos passes.
 
E o Wagner? Me desculpem os leitores, mas eu acho UMA VERGONHA dar a camisa 10 do Cruzeiro a um jogador que só bate faltas acima do travessão e que não sabe bater um escanteio dentro da pequena área. A esperança da torcida (inclusive a minha) era que o Wagner aprendesse com as críticas do passado e mostrasse mais futebol este ano, porque talento ele tem. Mas sem esforço, sem treino, o talento não resolve sozinho. Ah se o Alex Talento Azul pudesse dar umas aulas de “como bater faltas e escanteios” para o Wagner deixar de ser o “Wagner-lume” de sempre (aquele que “de vez em quando pisca”). Considerando que o Bernardo ainda não está preparado, a diretoria do Cruzeiro poderia pensar em contratar um meia decente para concorrer com o Wagner…e este “novo meia”, hoje, colocaria o Wagner no banco.
 
Abraços a todos. Avante Cruzeiro!!!


Deixe seu comentário, curta e compartilhe