Juntos somos mais fortes

Salve, Salve Guerreiros!

Depois dos últimos acontecimentos no Cruzeiro, não sabia o que escrever para esta coluna semanal. A situação está tão crítica que a motivação para superar a adversidade atual chega a beirar o desespero. Procurei em nossos grupos do WhatsApp uma referência que nos una em prol deste sentimento chamado Cruzeiro e obtive um relato histórico e fascinante sobre nossa história, com um caminho para sair desta situação desesperadora. A resposta veio do amigo Cláudio Cruz, sempre está presente em todos jogos do Maior de Minas, tanto no Mineirão, quanto em outros locais do Brasil. Segue:

Estou contigo Vander!

Essa é a hora de nos unirmos ao máximo e apoiarmos incondicionalmente.

Eu duvido que esses merdas que vestem a nossa camisa não irão se envergonhar de ver 40 mil Guerreiros gritando feito loucos na atual situação do time.

O Slogan #EssaTorcidaMoveOTime nunca precisou tanto ser efetivo, e não falo de apoiar aqui nas redes sociais, até porque dezenas de outras vezes que foi preciso, não foi aqui que mudamos a história, e sim lá no campo!

Estou tão puto quanto vocês pela falta de respeito e amadorismo desse cara que se julga presidente, mas que não consegue presidir sequer a sua casa. Mas o que temos é o que temos visto em campo e o nosso único diferencial tem que ser a nossa força nas arquibancadas. Muito provavelmente, se não tivéssemos inundado a Arena do Jacaré em 2011, no momento mais difícil que vivemos, o Cruzeiro não teria feito o que fez e teria manchado para sempre a sua história.

Eu vi Renato e Roberto Gaúcho jogarem…

Eu vi Ricardinho, Cleisson e Nonato jogarem…

Eu vi Marcelo Ramos, Fábio Júnior e Oséas também…

Eu vi Ronaldo e Giovanni explodirem os nossos corações de alegria e perspectivas…

Eu vi Dida jogar… Eu vi Dida mitar… Eu vi Dida nos honrar…

Eu vi Elivelton, que mesmo fraco tecnicamente, entrou para nossa história…

Eu vi Gotardo levantar Troféu

Eu vi Sorin… #EternoSorín

Alex… Esse não tem o que dizer…

Eu vi Fábio nos salvar tantas vezes, operar tantos Milagres, ser tão injustiçado e superar tudo, tornando-se um multicampeão conosco…

Eu vi tantos outros que se tornaram ídolos e que marcaram o seu nome para sempre em nossa história… Ressalto dois, Ricardo Goulart e Marcelo Moreno…

De todos os citados acima apenas o dono da número 1 está conosco atualmente, e a semelhança entre todos esses e todos os outros é que se tornaram lembranças em nossas mentes, lembranças boas e ruins… e durante todos esses quase 100 anos os únicos que permaneceram foram nós, a TORCIDA!

O Cruzeiro Sempre foi e sempre será nosso!

Se deixarmos quem quer que seja sujar a nossa história quem irá carregar essa mancha seremos nós que realmente honramos essa camisa e não o Allano, Bryan, Lucas, William, ou o próprio Fábio…

Realmente nós não entramos em campo, mas quem está acostumado a estar lá e já viu inúmeras provas que fazemos a diferença entendem o que estou dizendo…

Enfim… vamos nos unir enquanto é tempo porque a sorte/felicidade de 2011 pode não existir mais!

#FechadoComCruzeiro #EuMaisOnze #EssaTorcidaMoveOTime #SomosLoucosSomosCruzeiro #LaBestiaNegra #MultiCampeão #Incaível #CruzeiroXPalmeiras40Mil

Assim o Cláudio deixou seu recado, mas acima de tudo mostrou que a força do Cruzeiro está na torcida, gigante, que se faz presente nas vitórias e nas derrotas, mas que apóia do princípio ao final sem medo!
Somos gigantes por nossa própria natureza e isso nos motiva a vencer.

E juntos vamos tirar o time desta situação constrangedora que Gilvan e seus diretores nos colocaram.

#ForçaCruzeiro #JuntosSomosMaisFortes

Por: Vander Araújo em parceria com Cláudio Cruz.

Foto: Reprodução/Globoesporte.com