14 abr Jogos Históricos: Estreia em casa com vitória (Cruzeiro 3 x 1 Grêmio – Campeonato Brasileiro 2006)


Cruzeiro e Grêmio fazem a abertura do Campeonato Brasileiro neste sábado e, assim como no Brasileirão 2006, o confronto contra os gaúchos marca a primeira partida da Raposa em casa no torneio.

É bem verdade que naquela ocasião a partida foi válida pela segunda rodada, uma vez que a Raposa estreou com derrota por 2×1 para o São Caetano em São Paulo. Mas a estreia no Mineirão pelo Brasileirão aconteceria já na rodada seguinte, com o time cinco estrelas buscando a recuperação.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em 2006, o Grêmio retornava da 2ª Divisão após a Batalha dos Aflitos, vitória épica sobre o Náutico que garantiu o acesso em 2005, e seguia sob o comando de Mano Menezes, atual treinador celeste e comandante tricolor à época. E após a vitória sobre o Corinthians no jogo de estreia por 2×0, chegou ao Mineirão com a liderança provisória por ser sido a única equipe a vencer por mais de um gol de diferença fora de casa.

A partida marcava ainda o encontro de dois campeões estaduais, assim como aconteceu agora em 2018. Mesmo assim, o duelo não empolgou significativamente a torcida e o público não foi dos melhores com pouco mais de 12 mil pessoas nas arquibancadas.

Em campo, o que se viu foi um Cruzeiro que demoraria a engrenar. Na primeira etapa, aliás, os gaúchos saíram na frente. Aos treze minutos, Alessandro cruzou e Fábio falhou na tentativa de segurar a bola. Na sequência, Ramon finalizou, Edu Dracena conseguiu cortar, mas na sobra Ricardinho faria o único gol do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o panorama permaneceria inalterado até a entrada de Kerlon, na época uma jovem promessa em quem a torcida depositava bastante confiança. E aos vinte minutos, o meia lançou Élber que acionou Fábio Santos. O lateral achou Wagner e o camisa 10 da equipe igualou a partida.

O gol incendiou o Cruzeiro e a Raposa partiu com tudo para a virada. Aos vinte e quatro minutos, Wagner cruzou para a área e Élber de cabeça, em jogada típica daquele time, colocaria o time celeste em vantagem. E quando a partida caminhava para o fim, Anderson, que saiu do banco durante a partida, cobrou escanteio na cabeça de Alecsandro, mais um que iniciou entre os reservas, e o gol colocou números finais na partida.

A virada celeste aumentaria a confiança da equipe que já na sexta rodada assumiria a liderança do Brasileirão. A Raposa, porém, deixaria a ponta definitivamente na décima primeira rodada após a parada para a Copa do Mundo e uma importante queda de rendimento. Das lembranças que salvam 2006, porém, certamente este triunfo sobre o Grêmio é das melhores delas.

Ficha Técnica: Cruzeiro 3 x 1 Grêmio

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2006.

Data: 23/04/2006.

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG).

Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Luizão, Edu Dracena e Júlio César (Anderson); Diogo, Fábio Santos, Francismar (Kerlon) e Wagner; Gil e Élber. Téc: Paulo César Gusmão.

Grêmio: Marcelo Grohe; Patrício, Evaldo, Pereira e Jeovânio (Pedro Júnior); Wellington, Lucas, Alessandro (Paulo Ramos) e Ramon (Nunes); Marcelo Costa e Ricardinho. Téc: Mano Menezes.

Gols: Ricardinho aos 13 min do 1º Tempo (0x1). Wagner aos 20 min (1×1), Élber aos 24 min (2×1) e Alecsandro aos 41 (3×1) do 2º Tempo.

Cartões amarelos: Anderson (Cruzeiro); Evaldo, Wellington, Paulo Ramos e Marcelo Costa (Grêmio).

Fonte: Almanaque do Cruzeiro

Reportagem da partida: https://www.youtube.com/watch?v=X69T2yoNvAw

Por: João Henrique Castro

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe