12 Maio Jogos Históricos: Decolando (Cruzeiro 2 x 0 Sport – Campeonato Brasileiro de 2014)


Cruzeiro e Sport se enfrentam neste domingo pelo Campeonato Brasileiro e a Raposa busca, enfim, engrenar na disputa do Brasileirão. Disposto a lutar pelo título, o time celeste encontra em 2014, ano do bicampeonato, a motivação para construir contra o Leão de Pernambuco uma arrancada rumo aos primeiros lugares.

Naquela ocasião, o confronto entre as equipes no Mineirão aconteceu na sexta rodada e o time celeste, que defendia o título de 2013, buscava defender o título, embora encontrasse dificuldades nas primeiras rodadas, especialmente com tropeços como o empate com o São Paulo no Mineirão e a derrota para o Atlético-MG no Independência logo nas quatro primeiras rodadas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Eliminado da Libertadores na semana anterior pelo San Lorenzo, o Cruzeiro carecia da vitória para recuperar sua auto-estima. Três dias antes do confronto contra os pernambucanos, a Raposa até havia vencido o Coritiba em um dramático 3×2 em pleno Mineirão. E, sob desconfiança dos pouco mais que quinze mil presentes no Mineirão, a missão celeste era a de vencer o Sport e espantar qualquer ameaça de crise que pudesse rondar o clube celeste.

Com a bola rolando, porém, o Cruzeiro encontraria dificuldades. Bem armado, o Sport conseguia neutralizar as investidas cinco estrelas e até mesmo ameaçar no contra-ataque. O susto adversário, aliás, ficou completo aos 30 minutos quando Leonardo marcou, mas a arbitragem anulou após falta de Neto Baiano em Léo.

O lance despertou a Raposa que, ciente do empate entre Internacional e Coritiba, herdava a oportunidade de assumir a ponta do torneio. A pressão celeste na primeira etapa, contudo, não surtiria resultado e as duas equipes iriam para o intervalo sem alterar o marcador.

A insatisfação nas arquibancadas parecia caminhar em sentido crescente, mas não demorou para que o Cruzeiro, que tentava pressionar desde a primeira etapa, aproveitasse a oportunidade de abrir o marcador no segundo tempo. Aos cinco minutos, Dagoberto cobrou falta na área e Ricardo Goulart, de forma um pouco atrapalhada, desviou para o gol abrindo o marcador a favor da Raposa.

O gol, por sua vez, não diminuiu o impeto cinco estrelas e a equipe seguiu pressionando o Sport. A exceção de uma finalização perigosa de Neto Baiano aos 20 minutos, o Cruzeiro pouco se viu ameaçado ao longo do segundo tempo.

Com o controle do duelo, a Raposa acabaria por ser premiada aos 31 minutos. Willian mandou um cruzamento perfeito para área e Marcelo Moreno cabeceou para fuzilar o gol rival e por números finais a partida.

A vantagem celeste, aliás, garantia a festa na arquibancada e os três pontos para o Cruzeiro que, por sua vez, entrava de vez na briga pelo título nacional. E o resultado, aliás, todos sabemos, seria o bicampeonato nacional ao final do expediente no bar anfitrião de mais uma página heroica da Raposa.

Ficha Técnica: Cruzeiro 2 x 0 Sport

Motivo: 6ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014.

Data: 21/05/2014

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG).

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique, Willian Farias, Everton Ribeiro (Willian) e Ricardo Goulart (Souza); Dagoberto (Luan) e Marcelo Moreno. Téc: Marcelo Oliveira.

Sport: Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha, Augusto (Mike) e Renan Oliveira (Felipe Azevedo); Leonardo (Ailton) e Neto Baiano. Téc: Eduardo Baptista.

Gols: Ricardo Goulart aos 5 minutos e Marcelo Moreno aos 31 minutos do 2º Tempo.

Fonte: Cruzeiropedia

Gols da partida: https://www.youtube.com/watch?v=SStG7wVQrBA

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe