09 nov Fazendo as contas: Subir a régua


A rodada de abertura do returno foi interessante para o Cruzeiro em termos de G-4, ainda que os números a princípio não digam. Os tropeços dos três primeiros colocados (e de oito dos dez primeiros) ampliaram a chance matemática de acesso, mas os triunfos justamente do quarto e do quinto colocado elevaram o aproveitamento esperado para ingressar no grupo dos quatro primeiros.

A pontuação esperada para o acesso, assim, elevou-se. No momento, o aproveitamento do Juventude indica a necessidade de se alcançar 65 pontos, e não mais os 62 projetados na rodada passada. Número que, evidentemente, reduz a margem de tropeços que a Raposa poderá ter na reta final do campeonato, exigindo uma vitória a mais do que o planejamento feito antes da última rodada.

Apesar da notícia não ser das melhores, um triunfo contra o Guarani nesta rodada provavelmente será combinado com uma redução da pontuação almejada. Isso tende a acontecer em função dos confrontos diretos entre Cuiabá e América e Juventude e Sampaio Corrêa. Com ao menos dois dos envolvidos deixando pontos pelo caminho, o time celeste tem na vigésima rodada uma chance importante de melhorar o cenário. Mas nem pensar em tropeçar no Bugre nesta segunda-feira.

Vamos as contas (segundo o site chance de gol)

Meta: Subiu de 62 para 65 pontos

Aproveitamento necessário: Subiu de 71,18% para 77,8%  (superior ao da Chapecoense, líder com 68,3%)

Resultados almejados: 13 vitórias, 3 empates e 2 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Pouco mais que 0,1%.

Chances de acesso atingindo esta meta: Superior a 80%.

Chances de rebaixamento atingindo esta meta: 0%.

Chances de título do Cruzeiro: Permaneceram em 0,01%.

Chances de acesso do Cruzeiro: Subiram de 1,9% para 4,8%.

Chances de permanência na Série B do Cruzeiro: Caíram de 96,1% para 94,5%.

Chances de rebaixamento do Cruzeiro: Caíram de 2,0% para 0,7%.

Projeção

Botafogo-SP (F): 3 pontos.

Guarani (C): 3 pontos.

Figueirense (C): 3 pontos.

Chapecoense (F): 0 pontos.

Confiança (C): 3 pontos.

América (F): 0 pontos.

Brasil (C): 3 pontos.

CRB (F): 3 pontos.

Vitória (F): 3 pontos.

CSA (C): 3 pontos.

Avaí (F): 3 pontos.

Ponte Preta (F): 3 pontos.

Cuiabá (C): 1 pontos.

Sampaio Corrêa (F): 1 ponto.

Oeste (C): 3 pontos.

Juventude (F): 1 ponto.

Operário (C): 3 pontos.

Náutico (C): 3 pontos.

Paraná (F): 3 pontos.

Por: João Henrique Castro

 

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe