16 set Fazendo as contas: Seguir o dever de casa


O Cruzeiro bateu a Ponte Preta na última rodada e melhorou o quadro na classificação da Série B. Vencer em casa, aliás, é praticamente uma obrigação na série final que exige um aproveitamento de campeão para levar a Raposa ao grupo dos quatro primeiros e o próximo duelo contra o Operário em Sete Lagoas já entra no horizonte celeste como um novo desafio que precisa ser superado.

A vigésima segunda rodada, aliás, não foi das melhores pensando na intenção cinco estrelas de chegar ao grupo de acesso. Três dos quatro primeiros venceram e o CRB, o único derrotado, acabou perdendo em um confronto direto contra o Goiás. O quinto e o sexto também venceram, o que reforça o aproveitamento dos postulantes ao G-4 e aumenta a tendência de precisar de uma pontuação maior para terminar a competição com o acesso.

Apesar desta performance dos primeiros colocados, entretanto, segue em 62 pontos a meta projetada pelo site chance de gol para o acesso. Mas não seria nada mal uma rodada com tropeços dos candidatos ao G-4 para dar uma ajudinha na busca cruzeirense por uma das vagas à primeira divisão.

Vamos as contas (segundo o site chance de gol)

Meta: Segue em 62 pontos (pontuação que hoje confere mais chances de acesso do que permanência)

Aproveitamento necessário: Caiu de 75,0% para 73,3% (superior ao do Coritiba, líder com 65,2%)

Resultados almejados: 10 vitórias, 3 empates e 2 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Inferior a 0,1%.

Chances de acesso atingindo esta meta: Superior a 60%.

Chances de rebaixamento atingindo esta meta: 0%.

Chances de título do Cruzeiro: Subiram de 0,02% para 0,03%.

Chances de acesso do Cruzeiro: Subiram de 0,6% para 0,8%.

Chances de permanência na Série B do Cruzeiro: Subiram de 87,9% para 94,8%.

Chances de rebaixamento do Cruzeiro: Caíram de 11,5% para 4,4%.

Projeção

Operário (C): 3 pontos

Vasco (F): 1 ponto.

CSA (C): 3 pontos

Guarani (F): 1 ponto.

Brasil (C): 3 pontos.

Coritiba (F): 0 pontos.

Botafogo (C): 3 pontos.

Avaí (F): 0 pontos.

Remo (C): 3 pontos.

Vila Nova (C): 3 pontos.

Londrina (F): 3 pontos.

Brusque (C): 3 pontos.

Vitória (F): 3 pontos.

Sampaio Corrêa (F) – 1 ponto.

Náutico (C) – 3 pontos

Por: João Henrique Castro

 


Deixe seu comentário, curta e compartilhe