20 nov Fazendo as contas: Secador triplo


A 21ª rodada foi uma chance de ouro desperdiçada pelo Cruzeiro. Graças aos dois triunfos do Sampaio Corrêa, incluindo o jogo atrasado contra o Náutico, a distância para o G-4 seguiria em 11 pontos, caso a Raposa vencesse o Guarani na última partida. Mas a distância para o segundo e o terceiro lugar, em função do empate entre América e Cuiabá e da derrota do Juventude para o próprio Sampaio, cairia. Ampliando as chances de acesso.

Na letra fria dos números, o empate contra a equipe de Campinas complicou o time celeste na disputa. A margem de tropeços, já baixa, reduziu. Mas ainda existe uma margem significativa e até mesmo uma chance considerável de reduzir em três pontos a distância para o G-4 nesta rodada.

O triplo empate na segunda colocação entre Sampaio Corrêa, América e Cuiabá dá ao Cruzeiro a chance de fazer cair a distância para 10 pontos caso um deles seja derrotado na rodada. Mas nada disso vai importar muito se a Raposa não fizer o dever de casa e superar o Figueirense. O aproveitamento do quarto colocado, crescente, tem chances de cair nesta rodada. Hora de ligar o secador!

Vamos as contas (segundo o site chance de gol)

Meta: Subiu de 65 para 67 pontos

Aproveitamento necessário: Subiu de 77,8% para 84,3%  (superior ao da Chapecoense, líder com 69,8%)

Resultados almejados: 14 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Inferior a 0,1%.

Chances de acesso atingindo esta meta: Superior a 97%.

Chances de rebaixamento atingindo esta meta: 0%.

Chances de título do Cruzeiro: Subiram de 0,01% para 0,04%.

Chances de acesso do Cruzeiro: Caíram de 4,8% para 4,1%.

Chances de permanência na Série B do Cruzeiro: Subiram de 94,5% para 95,16%.

Chances de rebaixamento do Cruzeiro: Seguiram em 0,7%.

Projeção

Figueirense (C): 3 pontos.

Chapecoense (F): 0 pontos.

Confiança (C): 3 pontos.

América (F): 1 ponto.

Brasil (C): 3 pontos.

CRB (F): 3 pontos.

Vitória (F): 3 pontos.

CSA (C): 3 pontos.

Avaí (F): 3 pontos.

Ponte Preta (F): 3 pontos.

Cuiabá (C): 3 pontos.

Sampaio Corrêa (F): 0 pontos.

Oeste (C): 3 pontos.

Juventude (F): 3 pontos.

Operário (C): 3 pontos.

Náutico (C): 3 pontos.

Paraná (F): 3 pontos.

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe