Fazendo as contas: Ponto(s) perdido(s)

Salve nação celeste! O Cruzeiro começou o turno com o pé esquerdo e deixou o Morumbi de mãos vazias após a derrota para o São Paulo.

O tropeço contra o Tricolor impactou nos números celestes e nas possibilidades da equipe alcançar o G-6 do Campeonato Brasileiro. Mais do que cair do sétimo para o nono lugar, a Raposa deixou ao menos um ponto fora de casa escapar e viu o caminho ficar um pouco mais complicado para o restante do campeonato.

Chegar ao G-6 passa, necessariamente, por um aproveitamento impecável em casa ou ao menos um desempenho forte longe do Mineirão. Até o momento, o time celeste não faz o primeiro, mas também não consegue ter um bom índice no segundo. Por causa disso, recuperar terreno nos próximos dois jogos, todos em casa, pode ser fundamental.

Números projetados segundo informações do Chance de Gol.

Meta: Segue em 58 pontos.

Aproveitamento necessário: 57,4% (Superior ao Palmeiras, 4º colocado com 55,0%).

Resultados almejados: 9 vitórias, 4 empates e 5 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Seguem em menos de 0,01%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: Seguem superiores a 60%.

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: Seguem superiores a 99,9%.

Chances de título do Cruzeiro: Caíram de 0,02% para 0,01%.

Chances de Libertadores do Cruzeiro: Caíram de 50,5% para 39,9%.

Chances de Sul-Americana do Cruzeiro: Subiram de 45,1% para 52,5%.

Chances de ficar no meio da tabela sem vaga em torneio continental: Subiram de 4,08% para 7,09%.

Chances de rebaixamento: Subiram de 0,3% para 0,5%.

Tabela restante

Sport (C) – 3 pontos.

Santos (C) – 3 pontos.

Chapecoense (F) – 1 ponto.

Bahia (C) – 3 pontos.

Atlético-GO (F) – 1 ponto.

Corinthians (C) – 1 ponto.

Grêmio (F) – 0 pontos.

Ponte Preta (C) – 3 pontos.

Coritiba (F) – 0 pontos.

Atlético-MG (C) – 3 pontos.

Palmeiras (F) – 0 pontos.

Atlético-PR (C) – 3 pontos.

Flamengo (F) – 0 pontos.

Fluminense (C) – 3 pontos.

Avaí (C) – 3 pontos.

Vitória (F) – 1 ponto.

Vasco (C) – 3 pontos.

Botafogo (F) – 0 pontos.

Por: João Henrique Castro