Fazendo as contas: Olhando novamente pro Brasileirão

Salve nação celeste! Empate no jogo de ida da final da Copa do Brasil e chegou a hora de voltar os olhos para o Brasileirão.

A final do mata-mata nacional, aliás, praticamente garante ao Cruzeiro uma vaga na Libertadores, em cenário de perda do título, caso a Raposa fique entre os sete primeiros do Brasileirão partindo do princípio que o Flamengo não deixará o grupo dos seis primeiros colocados. Mas seguimos cautelosos e fazendo as contas pensando em G-6.

O tropeço contra o Santos no Mineirão na última rodada aliado às vitórias de quatro dos outros cinco times entre os sete primeiros elevou a pontuação de corte e o aproveitamento que a Raposa terá que obter nas rodadas finais. Ainda assim, com os jogos em casa e três empates fora, ou compensando nos duelos longe de Minas os pontos perdidos em Belo Horizonte, o time celeste tem grandes chances de alcançar o G-6 ao final da competição.

Números projetados segundo informações do Chance de Gol.

Meta: Subiu de 57 para 58 pontos.

Aproveitamento necessário: Subiu de 52,9% para 56,3%. (Superior ao Palmeiras, 4º colocado com 54,5%).

Resultados almejados: 8 vitórias, 3 empates e 5 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Menos de 0,01%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: Superiores a 60%.

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: Superiores a 99,9%.

Chances de título do Cruzeiro: Caíram de 0,2% para 0,07%.

Chances de Libertadores do Cruzeiro: Caíram de 55,2% para 49,8%.

Chances de Sul-Americana do Cruzeiro: Subiram de 40,6% para 46,6%.

Chances de ficar no meio da tabela sem vaga em torneio continental: Caíram de 3,7% para 3,3%.

Chances de rebaixamento: Caíram de 0,3% para 0,2%.

Tabela restante

Chapecoense (F) – 1 ponto.

Bahia (C) – 3 pontos.

Atlético-GO (F) – 1 ponto.

Corinthians (C) – 3 pontos.

Grêmio (F) – 0 pontos.

Ponte Preta (C) – 3 pontos.

Coritiba (F) – 0 pontos.

Atlético-MG (C) – 3 pontos.

Palmeiras (F) – 0 pontos.

Atlético-PR (C) – 3 pontos.

Flamengo (F) – 0 pontos.

Fluminense (C) – 3 pontos.

Avaí (C) – 3 pontos.

Vitória (F) – 1 ponto.

Vasco (C) – 3 pontos.

Botafogo (F) – 0 pontos.

Por: João Henrique Castro