Fazendo as contas: O que fazer pelo G-6?

Salve nação celeste! Começa o returno e o Guerreiro dos Gramados retoma a tradição de calcular o que o Cruzeiro precisa realizar no restante do campeonato para alcançar as suas metas no Brasileirão.

Distante 20 pontos do líder Corinthians, a Raposa tem o título como alvo praticamente inalcançável. Na sétima colocação, contudo, o time celeste está bem próximo do G-6 (e que pode virar G-7, G-8 ou até G-9 em função dos resultados da Libertadores, Sul-Americana e Copa do Brasil) e tem o retorno a Libertadores como objetivo imediato para este Brasileirão.

Segundo o site Chance de Gol, 58 pontos é uma pontuação com cerca de 60% de chances de garantir a classificação, projetando o desenrolar possível até o fim do campeonato. Seriam necessários, assim, 31 pontos no returno para selar a classificação.

9 vitórias, 4 empates e 6 derrotas, portanto, devem ser suficientes para a classificação. Hora de ir a tabela e projetar como estes pontos podem se distribuir ao longo do restante do Brasileirão.

Números projetados segundo informações do Chance de Gol.

Meta: 58 pontos.

Aproveitamento necessário: 54,4% (Superior ao Flamengo, 5º colocado com 50,9%).

Resultados almejados: 9 vitórias, 4 empates e 6 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Menos de 0,01%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: Superiores a 60%.

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: Superiores a 99,9%.

Chances de título do Cruzeiro: 0,02%.

Chances de Libertadores do Cruzeiro: 50,5%.

Chances de Sul-Americana do Cruzeiro: 45,1%.

Chances de ficar no meio da tabela sem vaga em torneio continental: 4,08%.

Chances de rebaixamento: 0,3%.

Tabela restante

São Paulo (F) – 1 ponto.

Sport (C) – 3 pontos.

Santos (C) – 3 pontos.

Chapecoense (F) – 0 pontos.

Bahia (C) – 3 pontos.

Atlético-GO (F) – 1 ponto.

Corinthians (C) – 1 ponto.

Grêmio (F) – 0 pontos.

Ponte Preta (C) – 3 pontos.

Coritiba (F) – 0 pontos.

Atlético-MG (C) – 3 pontos.

Palmeiras (F) – 0 pontos.

Atlético-PR (C) – 3 pontos.

Flamengo (F) – 0 pontos.

Fluminense (C) – 3 pontos.

Avaí (C) – 3 pontos.

Vitória (F) – 1 ponto.

Vasco (C) – 3 pontos.

Botafogo (F) – 0 pontos.

 

Por: João Henrique Castro