Fazendo as Contas: Em casa não se pode vacilar

A 20ª rodada foi um momento de reação para as equipes que brigam para fugir da zona de rebaixamento.

Dos dez últimos colocados, seis venceram seus jogos, a Ponte Preta empatou e Cruzeiro, Avaí e Vasco perderam. Como consequência, a pontuação projetada para escapar da queda para a Série B aumentou de 42 para 43 pontos.

Com dez jogos a serem disputados no Mineirão, o time celeste não precisa necessariamente vencer todos, mas precisará de 6 vitórias e 3 empates para alcançar a pontuação mínima. Projetando apenas derrotas fora de casa e tropeço nos jogos mais difíceis (de acordo com a classificação) em casa, vencer neste domingo é obrigação.

Os números ainda não preocupam, mas reagir é fundamental. Pela primeira vez no campeonato, o Cruzeiro precisa de um aproveitamento superior ao que já tem para superar a pontuação projetada para escapar da Série B. Uma nova rodada de tropeço celeste e com bom desempenho dos adversários da parte de baixo da tabela pode, definitivamente, ligar o sinal de emergência.

Vamos calcular (Estatísticas sobre as chances retiradas do site “Chance de Gol”

Meta: Passou de 42 para 43 pontos

Aproveitamento necessário: Subiu de 35,1% para 38,9% (superior aos 38,3% do Figueirense, atual 13º colocado)

Resultados almejados: 6 vitórias, 3 empates e 9 derrotas

Chances de título ou Libertadores atingindo esta meta: Inferiores a 0,01%

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: Superior a 60%

Chances de título do Cruzeiro: Seguem em 0,01%

Chances de Libertadores do Cruzeiro: Caíram de 0,8% para 0,5%

Chances de ficar no meio da tabela: Caíram de 93,3% para 83,8%

Chances de rebaixamento: Subiram de 5,9% para 15,7%.

Tabela restante

Santos (C) – 3 pontos

Ponte Preta (F) – 0 pontos

Figueirense (C) – 3 pontos

Flamengo (F) – 0 pontos

Atlético-MG (C) – 0 pontos

Vasco (C) – 3 pontos

Chapecoense (F) – 0 pontos

Coritiba (C) – 3 pontos

Grêmio (C) – 1 ponto

Atlético-PR (F) – 0 pontos

Fluminense (C) – 1 ponto

Goiás (F) – 0 pontos

Avaí (F) – 0 pontos

São Paulo (C) – 1 ponto

Sport (C) – 3 pontos

Palmeiras (F) – 0 pontos

Joinville (C) – 3 pontos

Internacional (F) – 0 pontos