Fazendo as Contas: Contornável sinal amarelo

A derrota do Cruzeiro para o Botafogo na última rodada foi um verdadeiro balde de água fria na torcida cinco estrelas.

Além de significar um duro golpe nas remotas chances de G-4 celestes, o tropeço fez a zona de rebaixamento se manter próxima e ligou novamente o sinal amarelo em relação à aproximação destes rivais.

A situação, contudo, segue contornável e relativamente tranquila. Com 5 dos últimos 6 colocados tendo sido derrotados no último fim de semana, e o América, com um empate, foi a exceção, a Raposa manteve os dois pontos de vantagem sobre o Z-4 e segue dependendo apenas de resultados em casa, podendo tropeçar algumas vezes, para permanecer na Série A.

Números projetados segundo informações do site Chance de Gol.

Meta: Caiu de 44 para 43 pontos.

Aproveitamento necessário: 33,3% (inferior ao do Vitória, atual 18º colocado com 36,1% de aproveitamento).

Resultados almejados: 4 vitórias, 2 empates e 8 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: 0%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: Inferior a 0,01%.

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: Superiores a 50%.

Chances de título do Cruzeiro: Caiu de 0,01% para menos de 0,01%.

Chances de Libertadores do Cruzeiro:  Caiu de 0,9% para 0,2%.

Chances de ficar no meio da tabela: Subiu de 90,13% para 91,49%.

Chances de rebaixamento: Subiu de 7,6% para 13,6%.

Tabela restante

São Paulo (F) –  0 pontos

Atlético-MG (C) –  0 pontos

Flamengo (F) –  0 pontos

Grêmio (C) –  1 ponto

Ponte Preta (C)  – 3 pontos

Palmeiras (F) – 0 pontos

Chapecoense (C) – 3 pontos

Vitória (F) -0 pontos

Atlético-PR (F) -0 pontos

Fluminense (C) – 3 pontos

Sport (F) – 0 pontos

Santos (C) – 3 pontos

Internacional (F) -0 pontos

Corinthians (C) – 1 ponto

Por: João Henrique Castro