19 set Fazendo as contas: Compensar como visitante


O Cruzeiro tropeçou no Operário em Sete Lagoas na última rodada e viu a margem de pontos para chegar ao grupo de acesso ficar mais apertada. A cota de pontos a serem perdidos vai se tornando muito pequena e não vai restando outra opção ao time celeste do que vencer o máximo possível dos jogos também fora de casa.

O duelo contra o Vasco em São Januário neste domingo, por exemplo, tornou-se justamente o confronto para tentar minimizar o prejuízo do empate contra os paranaenses. Dentre os rivais que a Raposa ainda enfrenta longe de seus domínios, o cruzmaltino não está entre os que possuem no momento a melhor situação na classificação. E como agora será necessário buscar fora uma vitória que escapou em casa, aparece desde já nesta partida uma oportunidade para tentar aproveitar.

Em uma rodada em que os três primeiros venceram, mas todos entre o quarto e o décimo lugar tropeçaram, a meta para o acesso seguiu inalterada em 62 pontos, mas apenas uma vaga vai ficando em aberto na disputa com Coritiba, Goiás e Botafogo construindo boa vantagem. Ao Cruzeiro, entretanto, resta cumprir o seu papel e tentar arrancar. A recomeçar por uma vitória no próximo compromisso.

Vamos as contas (segundo o site chance de gol)

Meta: Segue em 62 pontos (pontuação que hoje confere mais chances de acesso do que permanência)

Aproveitamento necessário: Subiu de 73,3% para 76,2% (superior ao do Coritiba, líder com 66,7%)

Resultados almejados: 10 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Inferior a 0,1%.

Chances de acesso atingindo esta meta: Superior a 60%.

Chances de rebaixamento atingindo esta meta: 0%.

Chances de título do Cruzeiro: Caíram de 0,03% para menos de 0,01%.

Chances de acesso do Cruzeiro: Caíram de de 0,8% para 0,4%.

Chances de permanência na Série B do Cruzeiro: Subiram de 94,8% para 94,9%.

Chances de rebaixamento do Cruzeiro: Subiram de 4,4% para 4,7%.

Projeção

Vasco (F): 3 pontos.

CSA (C): 3 pontos

Guarani (F): 1 ponto.

Brasil (C): 3 pontos.

Coritiba (F): 0 pontos.

Botafogo (C): 3 pontos.

Avaí (F): 0 pontos.

Remo (C): 3 pontos.

Vila Nova (C): 3 pontos.

Londrina (F): 3 pontos.

Brusque (C): 3 pontos.

Vitória (F): 3 pontos.

Sampaio Corrêa (F) – 1 ponto.

Náutico (C) – 3 pontos

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe