20 ago Fazendo as contas: Caminho das pedras


Vai começar o segundo turno da Série B e com ele volta a nossa tradicional cobertura matemática das chances do Cruzeiro alcançar os seus objetivos no returno nacional. E enquanto a possibilidade existir, a Raposa estará mirando a briga pelo acesso.

Tendo terminado o turno com doze pontos de desvantagem para o grupo dos quatro primeiros, o time celeste tem um caminho duro e de pouca margem de erro a percorrer. Mas as vitórias cinco estrelas e/ou os tropeços rivais podem contribuir para o acesso se tornar mais plausível na sequência das rodadas.

Triunfar sobre o Confiança nesta sexta-feira, por exemplo, é o primeiro passo para elevar as chances cruzeirenses e não ver as contas complicarem-se ainda mais. A calculadora na mão desenha o caminho, mas é no campo que o Cruzeiro precisa produzir as condições para chegar ao G-4.

Vamos as contas (segundo o site chance de gol)

Meta: 61 pontos (pontuação que hoje confere mais chances de acesso do que permanência)

Aproveitamento necessário: 70,2%  (superior ao do Coritiba, líder com 63,2%)

Resultados almejados: 12 vitórias, 4 empates e 3 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Inferior a 0,1%.

Chances de acesso atingindo esta meta: Superior a 50%.

Chances de rebaixamento atingindo esta meta: 0%.

Chances de título do Cruzeiro: Menos de 0,01%.

Chances de acesso do Cruzeiro: 0,5%.

Chances de permanência na Série B do Cruzeiro: 79,8%.

Chances de rebaixamento do Cruzeiro: 19,7%.

Projeção

Confiança (C): 3 pontos.

CRB (F): 1 ponto.

Goiás (F): 0 pontos.

Ponte Preta (C): 3 pontos.

Operário (C): 3 pontos.

Vasco (F): 1 ponto.

CSA (C): 3 pontos

Guarani (F): 1 ponto.

Brasil (C): 3 pontos.

Coritiba (F): 0 pontos.

Botafogo (C): 3 pontos.

Avaí (F): 0 pontos.

Remo (C): 3 pontos.

Vila Nova (C): 3 pontos.

Londrina (F): 3 pontos.

Brusque (C): 3 pontos.

Vitória (F): 3 pontos.

Sampaio Corrêa (F) – 1 ponto.

Náutico (C) – 3 pontos

Por: João Henrique Castro


Deixe seu comentário, curta e compartilhe