Fazendo as contas (Arte: Fábio Veloso @whosfabio)

Fazendo as Contas: Assegurar a Sul-Americana

O Cruzeiro não tem mais chances de ser rebaixado no Campeonato Brasileiro e a vaga para Libertadores é alvo quase impossível. Ainda por cima, condicionado a um eventual G-7 criado por um título do Atlético-MG na Copa do Brasil.

Como a Raposa só tem chances de estar na Libertadores de 2017 com uma combinação improvável (que apresentarei abaixo) aliada a uma conquista do rival que ninguém deseja, o foco passa a ser assegurar uma vaga na Sul-Americana. Especialmente pelo fato de que será possível disputar a competição e a Copa do Brasil, simultaneamente, na próxima temporada.

Como Atlético-MG e Grêmio estão garantidos entre os doze primeiros, já é fato que os representantes do Brasil na Sul-Americana serão seis clubes classificados entre o sétimo e o décimo terceiro lugar que não estiverem na Libertadores do ano que vem. E se a Chapecoense vencer a Sul-Americana e ficar entre os treze primeiros, o décimo quarto também terá uma vaga na segunda principal competição do continente.

Na décima segunda colocação, o Cruzeiro está a 4 pontos de garantir sua classificação para a Sul-Americana sem depender dos adversários. Ou seja, um empate fora de casa contra o Internacional e uma vitória sobre o Corinthians no Mineirão garantem a Raposa na disputa de uma competição continental em 2017.

São Paulo, Coritiba, Sport e Vitória são as equipes que ainda podem ultrapassar o time celeste na classificação, mas para estar na Sul-Americana no ano que vem, o Cruzeiro só depende dele.

Números projetados segundo informações do site do departamento de estatísticas da UFMG.

Meta: Caiu de 56 (visando G-6) para 52 pontos (visando Sul-Americana)

Aproveitamento necessário: Caiu de 100% para 66,7%.

Resultados almejados: 1 vitória e 1 empate.

Chances de título atingindo esta meta: 0%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: 0%.

Chances de Sul-Americana atingindo esta meta: 100%

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: 100%

Chances de título do Cruzeiro: O Cruzeiro não tem mais chances de título.

Chances de Libertadores do Cruzeiro: Caíram de 0,97% para menos de 0,01% (condicionada a um título do Atlético-MG na Copa do Brasil).

Chances de Sul-Americana do Cruzeiro: 99,0%

Chances de ficar no meio da tabela sem disputa continental: 0,99%.

Chances de rebaixamento: O Cruzeiro não tem mais chances de rebaixamento.

Tabela restante

Internacional (F) – 1 ponto

Corinthians (C) – 3 pontos

As contas para uma improvável Libertadores:

Etapa 1: O Atlético-MG precisaria vencer a Copa do Brasil.

Etapa 2: O Cruzeiro precisaria vencer as duas partidas.

Etapa 3: O Corinthians precisaria perder para o Atlético-PR em São Paulo e para o Cruzeiro no Mineirão. Além disso, o Cruzeiro precisaria tirar uma desvantagem de 8 gols de saldo para os paulistas.

Etapa 4: O Grêmio poderia fazer no máximo mais 1 ponto. Os gaúchos enfrentam o Santa Cruz fora de casa e o Botafogo em Porto Alegre.

Etapa 5: A Chapecoense precisaria vencer a Sul-Americana ou conquistar, no máximo, mais 2 pontos. Os catarinenses enfrentam o Palmeiras fora de casa e o Atlético-MG em Chapecó.

Etapa 6: A Ponte Preta poderia fazer no máximo mais 4 pontos. A Macaca enfrenta o Botafogo fora de casa e o Coritiba em Campinas.

Etapa 7: O Fluminense poderia fazer no máximo mais 4 pontos. Os cariocas enfrentam o Figueirense fora de casa e o Internacional no Rio de Janeiro.

Por: João Henrique Castro