Fazendo as contas: Aquele 1%

Salve nação celeste! O Cruzeiro está classificado para a Libertadores 2018! Aconteça o que acontecer nas rodadas finais do Brasileirão, é certo que a equipe cinco estrelas estará de volta ao principal torneio continental após dois longos anos de ausência.

Diante disso, o que resta ao time celeste como objetivo na competição? Em primeiro lugar, cabe destacar as diferenças de premiação entre as posições no torneio. Cada posto mais avançado na tabela, mais dinheiro para os cofres do clube. Mas, convenhamos, isto talvez não seja suficiente para incentivar jogadores e torcida.

Acontece, porém, que a matemática ainda permite almejar o título. É difícil, é verdade! Mas a queda de rendimento do Corinthians tem feito parecer possível. E enquanto houver chances, não há razões para desistir. Tem que fazer contas. Então vamos a elas!

Números projetados para o título segundo informações do Chance de Gol.

Meta: 73 pontos.

Aproveitamento necessário: 84,6%.

Resultados almejados: 11 vitórias e 2 derrotas.

Chances de título atingindo esta meta: Superiores a 60%.

Chances de Libertadores atingindo esta meta: O Cruzeiro já está classificado para a próxima Libertadores.

Chances de permanecer na Série A atingindo esta meta: 1o0%.

Chances de título do Cruzeiro: Subiram de 0,4% para 0,8%.

Chances de Libertadores do Cruzeiro: O Cruzeiro já está classificado para a próxima Libertadores.

Chances de Sul-Americana do Cruzeiro: O Cruzeiro não pode se habilitar ao torneio via Brasileirão.

Chances de ficar no meio da tabela sem vaga em torneio continental: O Cruzeiro já está classificado para a próxima Libertadores.

Chances de rebaixamento: Caíram de 0,01% para quase 0%.

Tabela restante do Cruzeiro

Corinthians (C) – 3 pontos.

Grêmio (F) – 0 pontos.

Ponte Preta (C) – 3 pontos.

Coritiba (F) – 3 pontos.

Atlético-MG (C) – 3 pontos.

Palmeiras (F) – 0 pontos.

Atlético-PR (C) – 3 pontos.

Flamengo (F) – 3 pontos.

Fluminense (C) – 3 pontos.

Avaí (C) – 3 pontos.

Vitória (F) – 3 pontos.

Vasco (C) – 3 pontos.

Botafogo (F) – 3 pontos.

Desempenho necessário do Corinthians:

Máximo de pontos a serem conquistados: 19 pontos.

Resultados almejados: 5 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

Aproveitamento almejado: 48,7% (Superior ao do Atlético-PR, 8º colocado com 45,3%).

Tabela restante do Corinthians:

Cruzeiro (F) – 0 pontos.

Coritiba (C) – 3 pontos.

Bahia (F) – 1 ponto.

Grêmio (C) – 1 ponto.

Botafogo (F) – 0 pontos.

Ponte Preta (F) – 1 ponto.

Palmeiras (C) – 3 pontos.

Atlético-PR (F) – 0 pontos.

Avaí (C) – 3 pontos.

Fluminense (C) – 3 pontos.

Flamengo (F) – 0 pontos.

Atlético-MG (C) – 3 pontos.

Sport (F) – 1 ponto.

Por: João Henrique Castro