Especulando, especulando…

Salve guerreiros!

Chega mais um período de férias de fim de ano. Nossas colunas de analise pós partida também entram de férias. Mas, como diz o ditado: enquanto descansa, carrega pedra, este colunista vai figurar às quartas-feiras com assuntos variados sobre o Maior de Minas, é claro. Para começar, o tema não poderia ser outro que não esse período cheio de incertezas onde a tônica é sempre o suspense sobre como será o elenco celeste para o ano que se inicia na próxima semana.

A priore, algumas renovações já foram resolvidas, por exemplo, os zagueiros Léo e Dedé. Já Bruno Rodrigo não terá a continuação de seu contrato. Ainda na zaga, o destaque na Libertadores Luis Caicedo do Independente Del Valle vem para buscar a titularidade. Entretanto, terá de enfrentar a dura concorrência de Manoel, que quase foi negociado essa semana com o Besktas da Turquia, mas, os clubes não chegaram a um acordo quanto aos valores da transferência.

Mais a frente na “volãncia”, o nome da semana é Hudson do São Paulo. Tem excelentes números nos desarmes, mas a qualidade de passe não é seu forte. A pendência, é o time paulista aceitar um negócio envolvendo outros nomes oferecidos ao Tricolor. Neílton, que retorna do Botafogo após boa passagem, seria o nome da vez para encantar o time do Morumbi em busca do negócio.

No ataque, não é mais segredo o esforço que o Cruzeiro anda fazendo para trazer de volta Marcelo Moreno. Grande parte da torcida se agrada do atacante, este colunista porém, vai na contramão. Penso que Neíton após boa temporada no Botafogo seria mais útil. O martelo ainda não foi batido por conta da tentativa de um patrocinador exclusivo para bancar parte dos vencimentos do atleta.

A maior preocupação da torcida no entanto, as laterais, problema enorme esse ano, começam a ter solução com a chegada do Diego Barbosa que também teve um bom ano no alvinegro carioca. Já do outro lado, parece que a diretoria anda satisfeita com o retorno de Mayke, pois nada se ouve a respeito.

Além dos nomes contratados e especulados acima, o Cruzeiro recebe uma legião de atletas que estavam emprestados. Nomes como: Allano, Gabriel Xavier, Mathias Pisano, Douglas Grolli, Joel, Eurico, Fabiano, entre outros terão seu futuro definido após avaliação de Mano Menezes sobre seu uso ou novo empréstimo. Fabiano, entretanto, está sendo oferecido ao campeão brasileiro Palmeiras, na intenção celeste de manter o meio campista Robinho em seus quadros.

São muitos fatores que ainda envolvem o futuro time de dois mil e dezessete, e só o tempo dirá como será a cara deste elenco. Teremos um Cruzeiro competitivo? Esse é o maior anseio da torcida depois deste dois últimos anos. Uma última pergunta: será que teremos presente de aniversário dia dois de janeiro?

Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força!

Por: Álvaro Jr