30 jan Em tempos de Dedé e Thiago Neves, quem tem Léo é rei 


A crise que o Cruzeiro vive expôs o que há de pior no futebol. Além da corrupção dos dirigentes, ficou ainda mais claro que jogar por amor a camisa ou ao esporte é um mito. O dinheiro é o que conta, é o que importa. Mas enquanto atletas que o clube e torcida abraçaram em momentos difíceis de sua carreira deram as costas ao Cruzeiro, um se mostrou diferente: o zagueiro Léo. 

O jogador veio a público declarar seu amor ao time e dizer que queria participar da reconstrução da Raposa. A decisão dele de ficar e ajudar o Maior de Minas surgiu como uma luz no fim do túnel. Não somente para os torcedores que estavam feridos e se envaideceram ao ouvir as declarações dele, mas também para os jogadores mais jovens que agora compõem o elenco titular do Cruzeiro. 

A referência de Léo em campo

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No campeonato mineiro foram dois jogos e duas vitórias, mas isso não quer dizer que a batalha em campo tenha sido fácil. A molecada vem se esforçando e mostrando um grande potencial de evolução, porém, a inexperiência ainda fala alto. Em algumas jogadas é possível notar um certo afobamento nos meninos, que não conseguem se entrosar e nem construir boas jogadas. 

E é nesse momento que a presença de Léo em campo pode ser fundamental. Com quase 10 anos de clube, mais de 380 jogos, 21 gols marcados e oito títulos conquistados ele é um líder em campo. Tido para muitos como um capitão sem faixa, é a figura dele que os mais novos devem buscar quando as coisas em campo parecerem complicadas.

Além disso, a postura ética que o jogador teve ao decidir ficar no Cruzeiro passa para os mais jovens a importância de respeitar o clube que eles defendem. Tivemos uma prova disso nas palavras ditas por Léo minutos antes da estreia no Campeonato Mineiro. 

 

 Reconhecimento do clube e da torcida 

Léo nunca escondeu que é torcedor do Cruzeiro e sonhava desde a infância em jogar no clube. E depois de decidir ficar na Raposa para disputar a Série B, o zagueiro recebeu a faixa de capitão no jogo contra o Boa Esporte. O jogador foi ovacionado pela torcida e se emocionou bastante durante o momento.


Deixe seu comentário, curta e compartilhe