E se… (Grêmio 0 x o Cruzeiro – Copa do Brasil semifinal)

Salve, guerreiros!

Fomos eliminados de forma vergonhosa da Copa do Brasil pelo Grêmio. Nada de alegria em Porto Alegre para o azul celeste cinco estrelas. A derrota patética na semana passada em pleno Mineirão com uma atuação pífia diante de um Grêmio em noite perfeita foi o fator de desequilíbrio no confronto. Nesta noite de quarta o Cruzeiro até demonstrou um pouco mais de vontade, marcação mais justa, mas o futebol ficou devendo e os gols necessários não vieram.

E se tivesse jogado como ontem na primeira partida?

E se o Mano não fizesse a maluquice de mudar todo ataque justo ontem?

E se o treinador não apostasse em Willian que não produz nada há tempos?

E se o Henrique não tivesse machucado justamente na semana de decisão tão importante?

E se o Denilson não marcasse com os olhos nos dois gols do sofridos em casa?

E se o Douglas não tivesse tido tanta liberdade pela marcação displicente no Mineirão?

E se… E se… E se…

Mas como aprendi desde cedo, plantei um pé de “Se”, mas é árvore infrutífera.

Não tem Guerreiro de ouro, pois não dá para salvar nada dessa semifinal. Guerreiro de lata vai para o Mano, que vai se “luxemburgueando”. Não assume erros, dá um monte de desculpas, mas, não existem justificativas para a insistência no Willian, por exemplo. Desapontado demais com esses dois anos do Cruzeiro, e o mais triste, é que ainda teremos mais um ano de Gilvan e a expectativa é de uma continuidade desse desastre.

Se ainda esperamos nos manter esse ano na série A, precisamos começar nossas preces desde já para o ano que vem. Venha logo dois mil e dezoito.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 X 0 CRUZEIRO
Data e hora: 02/11/2016 (quarta-feira), às 21h45 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 52.363 (Total)
Renda: R$ 1.708,855,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Auxiliares: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Danilo Ricardo Simon Manis
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon e Walace, Ramiro (Jaílson), Douglas (Rafael Thyere) e Pedro Rocha (Everton); Luan.
Técnico: Renato Gaúcho
CRUZEIRO: Rafael; Lucas Romero, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Ariel Cabral, Henrique, Robinho (Ábila), De Arrascaeta (Rafael Sóbis) e Alisson; William (Alex).
Técnico: Mano Menezes
Do sonho do penta ao drama do rebaixamento, enfrentaremos um dos nossos algozes no futebol brasileiro, o Fluminense. Espero que seja dia de quebrar escrita e somar três pontos. Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força.
Imagem: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA