A dupla do Bi campeonato (Atlético Pr 0 x 2 Cruzeiro – Campeonato Brasileiro 13ª rodada)

Salve, guerreiros!

Confesso que a nostalgia tomou conta do meu coração na partida desta quarta diante do Atlético Pr em Curitiba. Ao ver a dupla de volantes bi campeã brasileira em 13/14 atuando com tanta desenvoltura, com um proteção efetiva à nossa zaga e com a saída de qualidade no passe, características dos atletas Lucas Silva e Henrique, a saudade do time que entrava em campo para vencer bateu forte. Mas, os tempos são outros. Foi a primeira vez no certame que o time de Mano conseguiu encaixar duas vitórias consecutivas. A quinta posição na tabela de classificação, entretanto, não pode nos iludir. A diferença para os times imediatamente abaixo inexiste, e uma sequencia negativa pode nos jogar la para baixo novamente. Cala-te, Boca!

O jogo

O Atlético ensaiou uma pressão no início, mas com 2′ a Raposa tomou conta do meio campo e do jogo. Fábio sequer sujou o uniforme na primeira etapa da partida. Apenas após as alterações no segundo tempo é que o Furacão levou algum perigo à meta de Fábio, mas, nada de sustos.

Primeiro tempo

O Cruzeiro dominou completamente a primeira etapa. Lucas Silva meteu um balaço no travessão que a trave da Arena da Baixada deve estar balançando até agora. Que jogador esse Lucas Silva! Deu mostras que precisa apenas de sequencia para se firmar entre os titulares. O gol veio em uma trama muito bonita. Romero recebeu a bola em rápida saída de Fábio e deu início a jogada que culminaria com sua finalização para o gol de Weverton que não teve chances de fazer a defesa. O domínio celeste seguiu até o fim do primeiro tempo.

Segundo Tempo

A toada celeste continuou mesmo com o time da casa tentando buscar o empate. A Raposa poderia ter se aproveitado disso explorando melhor os contra-ataques, mas a vitória parcial parecia satisfazer o time de Mano, típico! Nem a entrada de Sassá fez com que a Raposa levasse perigo ao gol paranaense.

O fato novo foi a entrada de Nonoca que quase cria uma chance de um lindo gol em jogada individual. Costurou toda defesa adversária sendo desarmado na entrada da área. O segundo gol veio no apagar das luzes com o recém egresso do banco de reservas Rafael Marques, aproveitando rebote de Weverton.

Guerreiro do ouro vai para Lucas Silva, que partida do menino! Tem visão de jogo, distribui bem a bola, inverte, lança. Se tiver sequencia ganha a posição fácil. Guerreiro de lata vai para Sassá que entrou e pouco contribuiu. Até Élber merece uma menção honrosa hoje, pois fez uma boa partida. Tenho sido questionado sobre o futebol de Rafael Sobis, e o que tenho a dizer, é que o “Tio Sobis” é muito inteligente e joga com muita obediência tática, por isso, Ábila é preterido e deve mesmo ser negociado.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 0 X 2 CRUZEIRO

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 12 de julho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC)
Cartões amarelos: Thiago Heleno e Matheus Anjos (Atlético-PR); Henrique (Cruzeiro)
Gols: CRUZEIRO: Lucas Romero (27′ 1T) e Rafael Marques (40′ 2T).

ATLÉTICO -PR: Weverton; Jonathan (Yago), Wanderson, Thiago Heleno e Nicolas (Cascardo), Otávio; Eduardo Henrique, Sidcley e Nikão; Eduardo da Silva e Ederson (Matheus Anjos). Técnico: Kelly (interino)

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Murilo, Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva (Nonoca), Élber (Rafael Marques) e Thiago Neves; Alisson e Rafael Sóbis (Sassá). Técnico: Mano Menezes

Agora é decidir o que fazer com o coração. Toda nação azul esperava ter Everton Ribeiro de azul no Mineirão, mas não será assim. Ele estará do outro lado na partida contra o Flamengo no próximo domingo. Até lá, China Azul!

Guerreiro dos Gramados. Nossa torcida, nossa força!

Por: Álvaro Jr