11 ago Cruzeiro vence o Guarani e zera pontuação negativa na Série B


Em um jogo eletrizante, o Cruzeiro venceu o Guarani de virada, por 3 a 2, nesta terça-feira (11), em Campinas. A partida foi válida pela segunda rodada da Série B e com o triunfo, a equipe celeste zerou a pontuação negativa no campeonato. O jogo foi difícil, bem disputado e ofensivo, mas o Cruzeiro conseguiu, mais uma vez, mostrar um grande poder de reação. Mesmo atrás no placar, buscou o empate com Régis, a virada com Marcelo Moreno e a vitória com Léo.

Primeiro tempo 

A partida começou animada, com o Guarani mostrando ao que veio. Logo nos minutos inicias, Waguinho marcou o primeiro gol da partida para o Bugre. Entretanto, o Cruzeiro mostrou confiança e três minutos depois empatou o jogo. Marcelo Moreno cruzou rasteiro para Régis, que não desperdiçou e de primeira igualou o placar.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Raposa se mostrou mais ofensiva, propondo mais o jogo e finalizando mais. Porém, o Guarani teve maior posse de bola, como era de se esperar, já que essa é uma das características da equipe. Aos 21, Cacá quase virou o jogo, mas desperdiçou uma chance incrível e acabou mandando por cima da rede adversária. Aos 27 min, Maurício avançava em velocidade quando Pablo deixou o braço, o camisa 11 caiu e o juiz marcou pênalti.

Marcelo Moreno foi o escolhido para converter a cobrança. Ele bateu firme no meio do gol e virou a partida para o Cruzeiro, o tento foi o primeiro do flecheiro na temporada. Mesmo atrás no placar, o Guarani continuo buscando o jogo. Em alguns momentos teve mais posse de bola e no final do primeiro tempo conseguiu fazer a Raposa ficar recuada no campo de defesa. Mas o Cruzeiro conseguiu segurar a pressão e levou a vantagem para a segunda etapa.

Segundo tempo

O Guarani voltou para o segundo tempo com sangue nos olhos e fez o Cruzeiro sofrer até o apito final. Aos seis min, após escanteio, Didi finalizou mal e desperdiçou uma chance incrível de empatar a partida. Aos 10 min, Fábio fez bela defesa após cobrança de falta de Lucas Crispim, na sequência o Guarani cobrou escanteio e quase empatou novamente. Régis, autor do primeiro gol do Cruzeiro, recebeu cartão após reclamar de um lateral marcado para o Guarani. Aos 15 min o Guarani fez a primeiro substituição do jogo, saiu o meia Arthur Rezende e entrou o atacante Giovanny.

Amarelado na partida, Régis foi substituído por Claudinho aos 21 min. Na sequência, Giovanny fez bela jogada e tocou para Waguinho, que desperdiçou o lance e chutou para fora. O Guarani sofreu um pouco para fazer a transição do meio de campo para o ataque, mérito da marcação acirrada do time celeste.  Porém, a insistência do Bugre fez efeito aos 27 min. Após cobrança de falta, Didi empatou o jogo para o time da casa, apesar do jogador estar impedido, o juiz validou o tento. Mas a reação celeste foi quase que imediata e após cobrança de escanteio, Léo marcou de cabeça e colocou o Cruzeiro na vantagem novamente.

Entretanto, o Cruzeiro voltou a recuar. Apesar de Enderson Moreira priorizar um sistema de jogo mais ofensivo, não foi isso que se viu da Raposa no segundo tempo. O time ficou muito pressionado e praticamente só se defendeu, deixando os torcedores apreensivos até o último minuto da partida. Mas o que importa é que a vitória veio, a primeira fora de casa e a segunda consecutiva no campeonato. Com ela, saímos do negativo e subimos na tabela, agora o Cruzeiro ocupa a 17ª posição.

Ficha técnica : GUARANI 2 a 3 CRUZEIRO

Motivo: Segunda rodada da Série B

Estádio: Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP
Data: terça-feira, 11 de agosto de 2020
GUARANI
Jefferson Paulino; Pablo, Didi, Bruno Silva e Bidu; Deivid (Eduardo Person, aos 32min do 2ºT), Arthur Rezende (Giovanny, aos 16min do 2ºT) e Lucas Crispim; Bruno Sávio, Júnior Todinho (Rafael Costa, aos 35min do 2ºT) e Waguininho. Técnico: Thiago Carpini
CRUZEIRO
Fábio; Raúl Cáceres, Leo, Cacá e Giovanni (João Lucas, aos 30min do 2ºT); Jean, Jadsom (Welinton, aos 30min do 2ºT) e Ariel Cabral; Régis (Claudinho, aos 21min do 2ºT) e Maurício (Riquelmo, aos 39min do 2ºT); Marcelo Moreno (Thiago, aos 39min do 2ºT). Gols: Waguininho, aos 2min do 1ºT; Didi, aos 27min do 2ºT (Guarani); Régis, aos 5min, Marcelo Moreno, de pênalti, aos 28min do 1ºT; Leo, aos 29min do 2ºT (Cruzeiro)
Cartões amarelos: Thiago Carpini, aos 34min, Bruno Silva, aos 35min, Pablo, aos 44min do 2ºT (Guarani); Régis, aos 14min, Marcelo Moreno, aos 31min do 2ºT, Enderson Moreira, aos 34min do 2ºT (Cruzeiro)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM)
 
Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM) e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM)

Deixe seu comentário, curta e compartilhe