Gilberto - Foto: UOL

Cruzeiro tropeça no Botafogo e adia busca ao G4

Salve nação estrelada! O Cruzeiro fez uma péssima partida ontem contra o Botafogo no Engenhão e arrancou apenas um empate, mesmo com os cariocas jogando boa parte do segundo tempo com um jogador a menos. A equipe esteve apática durante todo o primeiro tempo e foi dominada pela fraca equipe  da estrela solitária. 

Gilberto - Foto: UOLCaros guerreiros, ontem era um jogo chave para o Cruzeiro subir na tabela devido às circunstâncias da partida. O Botafogo estava na zona de rebaixamento, tem uma equipe fraca e que não consegue se acertar, estava com a zaga mudada, e o Cruzeiro vinha embalado após 4 jogos sem derrota. Para quem se contenta com pouco, acha que ficou de bom tamanho o pífio 1 x 1. Para mim alguns atletas demonstraram mais uma vez não terem condições de assumir a responsabilidade  de vestir a nossa camisa.

Antes de ir para o estádio o Gladiador já estava vetado por uma contusão no púbis. Até aí tudo bem, o presidente disse que ele fica, então não temos motivos para achar que até segunda ele sai…Mas a maior surpresa foi a contusão de última hora de Wellington Paulista, que segundo o médico do Cruzeiro Sérgio Freire Júnior, apresentou uma inflamação no dedão de um dos pés e estava sem condições de jogo. Vem a pergunta: Um dia ele chega aos treinos vomitando, no outro é vetado minutos antes da partida e a comissão técnica nada sabia? Eu procuro razões para não acreditar que ele “pipocou” para não jogar contra seu ex-clube ao qual sempre faz juras de amor, assim como Kléber deu um jeitinho de ser expulso uma partida antes de enfrentar o Palmeiras no primeiro turno. Se o atleta tinha uma inflamação e corria o risco de não jogar, por que não foi relacionado outro atacante? Para que estão recebendo Rômulo e Wanderley?

Só pelo risco de Kléber não jogar já deveria ter sido convocado outro atleta para o ataque mesmo que fosse cortado no vestiário. E outra, uma inflamação de última hora impediria um atleta de jogar uma partida tão importante? Esses caras tão precisando se doar mais, tão achando que é só vestir a camisa receber em dia e pronto. O buraco é mais em baixo minha gente, tem que ter raça, se precisar, tem que dar sangue!

Além disso, Adílson tem que parar de brincar com a torcida. Vai com o banco cheio de volantes, sem sequer um meia. Não é possível que o Bernardo não tenha condições de atuar aos menos 25 minutos. O Gilberto não viu a cor da bola no primeiro tempo, assim como todo o meio de campo. Ainda bem que o Marquinhos Paraná vai descansar quase 15 dias para enfrentar o São Paulo, porque está errando passes terríveis e na jogada do gol do Botafogo, marcado por lúcio Flávio, ele poderia cortar a bola pela linha de fundo. Com a suspensão automática pelo terceiro amarelo não joga contra o Vitória. Leonardo Silva fez na minha opinião uma das piores partidas com a camisa do Cruzeiro. Thiago Ribeiro…Esse só foi reforço importante em 2008 quando só tínhamos o Guilherme para o ataque, nos dias atuais nem no banco está merecendo ficar e ainda achou um gol na jogada de escanteio. Guerrón ainda não está em forma. Diego Renan segue sendo nosso atleta mais lúcido nas partidas.

O Cruzeiro perdeu na minha opinião por não ter levado jogadores certos para o banco e pela falta de ambição e de qualidade daqueles que entraram. Claro que um Wanderley ou Rômulo não resolveriam sozinhos, mas só o fato de ter um centro avante segurando 2 zagueiros do adversário já seria um ganho pois a defesa não poderia sair para o jogo tendo que marca-los de perto. Ou seja, com um a mais dominou a posse de bola no segundo tempo, mas sem jogadores inteligentes, 1 x 1 deve ter sido vitória para o técnico. Tinha tudo para ser diferente, mas as expectativas do torcedor foram parcialmente frustradas.

O Cruzeiro segue na 12ª colocação, agora com 28 pontos, e fará um jogo de “seis pontos” contra o Vitória no próximo domingo no Barradão. A equipe baiana tem os mesmos 28 pontos e só supera o Cruzeiro no número de gols marcados e no saldo de gols. Que a equipe se imponha por lá, senão trará muitos “cocos” na bagagem.

Abraço a todos!
Até mais!